Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
8

Alice faz tremer Paredes (COM VÍDEO)

Não podia ter arrancado da melhor forma o 19º festival Paredes de Coura. Na madrugada da quarta-feira, o espaço junto ao palco secundário foi pequeno para acolher os milhares que vibraram com o som electrónico dos Crystal Castles.
19 de Agosto de 2011 às 00:30
Alice Grass, dos Crystal Castles, tinha muitos fãs presentes
Alice Grass, dos Crystal Castles, tinha muitos fãs presentes FOTO: José Coelho/Lusa

Num início de noite que se ia perspectivando fresca, os Quarteto de Bolso, de Aveiro, deram as boas-vindas. E o público recebeu de forma calorosa Omar Souleyman. Apresentado como "lenda musical" na Síria, brindou a multidão entusiasta com a sonoridade árabe de ritmos techno. Estranha-se mas entranha-se, e a prova disso foi a resposta mexida do público.

Com sonoridade bem diferente, os britânicos Wild Beasts brindaram os festivaleiros com um indie-rock de melodia agradável, acabando o concerto bastante acarinhados pela plateia.

O melhor da primeira noite foram os Crystal Castles. A canadiana Alice Glass saltou, gritou, vibrou e cativou. Pequena, mas com energia que chegou à última das cerca de 15 mil pessoas presentes, teve o momento mais alto em ‘Not in Love'.

"Estive quase três horas apertada no meio da multidão para conseguir estar o mais próxima do palco possível", conta Diana Nogueira, de 18 anos, que veio da Maia. A t-shirt justa, com Crystal Castles escrito a letras garrafais, denunciava o estatuto de fã.

Ontem, destacaram-se os Crystal Stilts e os britânicos Pulp. Os americanos abriram o palco principal pouco depois das 18h30, perante alguns milhares, e a banda de Jarvis Cocker fechou o palco principal, já depois da meia-noite.

PAREDES DE COURA MÚSICA CRYSTAL CASTLES CONCERTO
Ver comentários