Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
5

Beyoncé faturou 88 milhões de euros este ano

Lista revela fortunas acumuladas com concertos, digressões e negócios diversos.
Sónia Dias 23 de Dezembro de 2017 às 01:30
Sean ‘Diddy’ Combs e Beyoncé são, oficialmente, os músicos mais bem pagos em 2017
Sean ‘Diddy’ Combs e Beyoncé são, oficialmente, os músicos mais bem pagos em 2017
Sean ‘Diddy’ Combs e Beyoncé são, oficialmente, os músicos mais bem pagos em 2017
Sean ‘Diddy’ Combs e Beyoncé são, oficialmente, os músicos mais bem pagos em 2017
Sean ‘Diddy’ Combs e Beyoncé são, oficialmente, os músicos mais bem pagos em 2017
Sean ‘Diddy’ Combs e Beyoncé são, oficialmente, os músicos mais bem pagos em 2017
No mundo da música, os artistas medem-se pela rentabilidade. E, no que toca a dinheiro, Sean Combs - mais conhecido por ‘Diddy’ ou ‘Puff Daddy’, entre outros nomes - é especialista.

O rapper, produtor de música e empresário norte-americano, de 48 anos, faturou perto de 110 milhões de euros em doze meses. A digressão para promover o documentário ‘Can’t Stop, Won’t Stop: A Bad Boy Story’, que conta a história da fundação da sua editora discográfica Bad Boy, a parceria com a marca de vodka Ciroc e a venda de um terço da sua marca de roupa - Sean John - contribuíram para aumentar a fortuna do artista.

Em segundo lugar na lista divulgada pela agência Live Nation surge Beyoncé Knowles, com um crédito de cerca de 88,5 milhões de euros. A ‘Formation World Tour’, o merchandising e os negócios paralelos da artista, nomeadamente na área do investimento imobiliário, permitiram à mulher de Jay-Z alcançar este fabuloso resultado em 2017.

O terceiro lugar, com 80 milhões de euros, pertence a Drake, seguido de The Weeknd, que atuou este ano no NOS Alive e que faturou cerca de 77,5 milhões.

A lista da Live Nation inclui ainda nomes como Justin Bieber (70,3 milhões de euros), Bruce Springsteen (63,1 milhões) e a britânica Adele (58,1 milhões).

Lady Gaga com a melhor digressão do ano
Apesar dos problemas de saúde que a obrigaram a cancelar vários concertos, a ‘Joanne World Tour’, de Lady Gaga, tornou-se na digressão mais rentável do ano, com uma faturação de 63,6 milhões de euros.

No final do próximo ano, Lady Gaga torna-se na nova estrela de Las Vegas, depois de assinar um contrato milionário de dois anos de espetáculos naquela cidade. De acordo com a imprensa internacional, Gaga vai receber aproximadamente 337 mil euros por cada concerto, sendo que estão previstas, pelo menos, 30 atuações.
Ver comentários