Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
6

Castelo de Leiria reabre após três anos de obras

Monumento sofreu obras para melhorar acessos. Abertura ao público será em maio.
José Durão 31 de Março de 2021 às 08:08
Castelo de Leiria esteve três anos em obras de remodelação total e reabre portas com muitas novidades
Castelo de Leiria esteve três anos em obras de remodelação total e reabre portas com muitas novidades FOTO: Direitos Reservados
Está quase concluída a maior intervenção dos últimos 50 anos no Castelo de Leiria. A abertura ao público está agendada para maio, adiantou a autarquia, que considera o monumento um dos trunfos da região para a retoma económica pós-pandémica.

No interior das muralhas, a intervenção – que durou três anos – ronda os 800 mil euros. A Igreja da Pena, sem telhado há mais de um século, recebeu uma nova cobertura. A par da requalificação das escadarias e do circuito de circulação, foi criado um anfiteatro em pedra e zonas de descanso para turistas.

A obra incluiu a construção de dois acessos mecânicos para o Castelo, orçados em um milhão de euros. Nos próximos dois anos, a autarquia pretende continuar a investir na área envolvente e noutros espaços patrimonialmente relevantes, que fará o valor de investimento ascender a seis milhões de euros.

"É um dos maiores investimentos na área da cultura e do património em Portugal, e numa área muito concentrada da nossa cidade, abrindo condições para captar mais visitantes e turistas no futuro", disse Gonçalo Lopes, presidente da Câmara de Leiria. No monumento, cujo número de visitas passou de 45 mil, em 2009, para 85 mil, em 2017, já está em preparação a próxima fase dos trabalhos: a recuperação da zona do palácio. "Dentro de pouco tempo temos uma zona totalmente recuperada e disponível para receber muitas pessoas e recuperar a nossa atividade económica", afirmou o autarca.
Ver comentários