Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
4

Comédia ‘Borat’ mais perto de conquistar um Óscar

Sacha Baron Cohen e Emerald Fennell distinguidos pelo sindicato dos argumentistas.
Sónia Dias 23 de Março de 2021 às 08:06
Sacha Baron Cohen em cena com Rudy Giuliani em ‘Borat: O Filme Seguinte’
Sacha Baron Cohen em cena com Rudy Giuliani em ‘Borat: O Filme Seguinte’ FOTO: Direitos Reservados
Borat: O Filme Seguinte’ e ‘Uma Miúda com Potencial’ foram os grandes vencedores dos prémios anuais do Screenwriters Guild Awards (WGA), o sindicato dos argumentistas norte-americanos. A vitória foi anunciada no domingo à noite, através de uma cerimónia virtual devido à pandemia da Covid-19.

A comédia surreal assinada e protagonizada por Sacha Baron Cohen - que serve de sequela a ‘Borat: Aprender Cultura da América para Fazer Benefício Glorioso à Nação do Cazaquistão’ (2006) - ganhou o galardão para melhor argumento adaptado, derrotando ‘Ma Rainey: A Mãe do Blues’, ‘Notícias do Mundo’, ‘Uma Noite em Miami’ e ‘O Tigre Branco’.

‘Borat: O Filme Seguinte’, uma das películas mais polémicas do ano - e certamente a mais incómoda para a antiga liderança norte-americana de Donald Trump - fica assim mais perto de arrematar o Óscar na mesma categoria. Emerald Fennell, de 35 anos, venceu o prémio da WGA para melhor argumento original, por ‘Uma Miúda com Potencial’, que escreveu e realizou, batendo ‘Judas and the Black Messiah’, ‘Palm Springs’, ‘Sound of Metal’ e ‘Os 7 de Chicago’. A britânica está igualmente nomeada para os Óscares, cujos vencedores serão conhecidos dia 26 de abril.

Pormenores
Polémica
Rudy Giuliani, advogado de Donald Trump, foi apanhado numa cena comprometedora forjada por uma atriz em ‘Borat: O Filme Seguinte’. O incidente levou-o a tentar prender a equipa de Sacha Baron Cohen.

Duas nomeações
A comédia ‘Borat: O Filme Seguinte’ conta com duas indicações aos Óscares, nas categorias de melhor argumento adaptado e melhor atriz secundária (Maria Bakalova). Já tinha vencido dois Globos de Ouro.

Favorita
‘Uma Miúda com Potencial’ soma cinco nomeações aos Óscares, entre elas nas categorias de melhor filme, atriz (Carey Mulligan) e realização. Não ganhou nenhum Globo de Ouro.
Ver comentários