Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
4

Edifício histórico vandalizado em Lisboa

Telas que adornavam as paredes desapareceram.
Rute Lourenço 5 de Julho de 2021 às 08:32
Edifício histórico vandalizado em Lisboa
Edifício histórico vandalizado em Lisboa
Edifício histórico vandalizado em Lisboa
Edifício histórico vandalizado em Lisboa
Edifício histórico vandalizado em Lisboa
Edifício histórico vandalizado em Lisboa
O Palácio Burnay, edifício histórico que se situa na rua da Junqueira, em Lisboa, e é património do Estado, terá sido vandalizado, com todas as telas que adornavam as paredes a terem desaparecido.

A denúncia foi feita pelo ‘Fórum Cidadania Lx’ que dá conta do "roubo recente" e enviou uma carta aberta ao diretor-geral do Tesouro e Finanças (proprietário deste imóvel do Estado), com conhecimento da Direção-Geral do Património Cultural (DGPC), do presidente da Câmara Municipal de Lisboa e até do primeiro-ministro, António Costa, a alertar para o caso.

"Fomos alertados para o roubo da totalidade das telas existentes na antiga sala de baile do Palácio Burnay, e que ainda existiam aquando da visita de V. Exa. [Miguel Marques dos Santos, diretor-geral do Tesouro e Finanças] ao Palácio em abril de 2020", pode ler-se na carta, em que se faz ainda uma chamada de atenção para o estado de degradação em que o Palácio Burnay se encontra há meses.

O edifício, classificado Imóvel de Interesse Público desde 26 de fevereiro de 1982, encontra-se ao abandono, com janelas partidas e sem qualquer utilização há vários meses. Prevê-se que em breve possa vir a ser ocupado pelo Conselho Económico e Social.
Ver comentários