Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
9

Escritor, dramaturgo e argumentista Alfonso Sastre morre aos 95 anos

Sastre foi considerado um dos principais expoentes da denominada "Geração dos 50".
Lusa 18 de Setembro de 2021 às 07:06
Alfonso Sastre
Alfonso Sastre FOTO: Getty Images
O escritor, dramaturgo e argumentista espanhol Alfonso Sastre, galardoado com o Prémio Nacional de Teatro em 1985, morreu na sexta-feira, aos 95 anos, em Hondarribia, cidade onde viveu.

Nascido numa família burguesa e católica em Madrid, a 20 de fevereiro de 1926, Sastre instalou-se em Hondarribia (Guipúzcoa) em 1977 e considerou a situação no País Basco "um dos temas-chave" da sua obra, abordada direta ou indiretamente em textos como "Prólogo Patético", que escreveu em 1950.

Alfonso Sastre foi considerado um dos principais expoentes da denominada "Geração dos 50" e durante a sua longa trajetória intelectual foi caracterizado pelo seu compromisso político, primeiro contra a ditadura de Franco e depois a favor da esquerda abertzale.

Hondarribia Alfonso Sastre artes cultura e entretenimento
Ver comentários