Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
9

Filme ‘Duna’ volta em grande aos cinemas e partido em duas partes

Nova versão de obra de ficção científica que dividiu opiniões chega amanhã às salas.
Rui Pedro Vieira 20 de Outubro de 2021 às 16:55
Grande produção , que custou 140 milhões de euros, estreia nos cinemas 37 anos após o filme original de David Lynch
Grande produção , que custou 140 milhões de euros, estreia nos cinemas 37 anos após o filme original de David Lynch FOTO: DIREITOS RESERVADOS
Majestática, solene e inteligente. A nova versão do clássico de ficção científica ‘Dune’ chega amanhã às salas de cinema, envolta em enorme expectativa, até porque o filme original de 1984, dirigido pelo realizador David Lynch, fracassou nas bilheteiras e dividiu opiniões.

Com um orçamento chorudo de 140 milhões de euros, esta grande produção parte também da obra literária de Frank Herbert (1965), mas desta vez evita condensar toda a ação num só filme. Este novo ‘Duna’ é apenas a primeira parte, e a segunda, alerta o realizador Denis Villeneuve, está dependente do sucesso das bilheteiras desta grande aposta dos estúdios Warner.

O realizador que antes impressionou com a sequela do clássico ‘Blade Runner’ tem mão segura na forma de narrar as peripécias de Paul Atreides (Timothée Chalamet), jovem promissor (e visto como um messias) que lidera a reconquista do planeta Arrakis, terra desértica que possui uma preciosa especiaria, que dá sentido a tudo.

Com uma imponente carga visual, ‘Duna’ ganha dimensão no ecrã gigante, com ajuda de efeitos especiais à medida. O elenco sonante inclui nomes como Oscar Isaac, Rebecca Ferguson, Zendaya, Jason Momoa e Javier Bardem.

outras estreias
‘Halloween Mata’
Passam já 43 anos desde que John Carpenter aterrorizou plateias com o vilão Michael Myers. Agora, volta de novo a seguir Jamie Lee Curtis, já avó.

‘A Ilha de Bergman’
Um casal de cineastas (Tim Roth e Vicky Krieps) viaja até à ilha sueca de Färo, que inspirou o cinema de Ingmar Bergman. Realidade e ficção vão aliar-se.

‘Fabian’
Em competição no festival de Berlim, este drama alemão passa-se em 1931 e segue os passos errantes do publicitário Jakob Fabian (Tom Schilling).
David Lynch Jakob Fabian Duna Dune artes cultura e entretenimento cinema
Ver comentários