Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
6

HBO retira "E tudo o Vento Levou" do catálogo nos EUA por acusações de racismo

Disney, por sua vez, evitou incluir na sua nova plataforma "A Canção do Sul", um filme polémico desde que estreou, em 1946.
Lusa 10 de Junho de 2020 às 15:32
A carregar o vídeo ...
Disney, por sua vez, evitou incluir na sua nova plataforma "A Canção do Sul", um filme polémico desde que estreou, em 1946.
A plataforma HBO Max retirou esta quarta-feira o filme "E Tudo o Vento Levou" do seu catálogo nos Estados Unidos, após a película de 1939 ser criticada durante anos por transmitir uma visão idílica da escravatura e perpetuar estereótipos racistas.

A ação coincide com a decisão de outras empresas, como a Disney, que evitou incluir na sua nova plataforma "A Canção do Sul", um filme polémico desde que estreou, em 1946, ou a cadeia de televisão Paramount, que cancelou o programa "Cops", protagonizado por polícias dos Estados Unidos.

A retirada de "E Tudo o Vento Levou" chega um dia depois de o diário "Los Angeles Times" publicar uma coluna de opinião, assinada por John Ridley, na qual o escritor e diretor norte-americano solicitava a medida, alegando que a história "glorifica" a escravatura durante a Guerra da Secessão dos EUA. "Ignora os seus horrores e perpetua os estereótipos mais dolorosos das pessoas de cor", escreveu.

HBO Vento Levou Estados Unidos EUA Max artes cultura e entretenimento
Ver comentários