Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura

‘Monólogos do Pénis’ estreia hoje no Casino Estoril

Texto junta dois amigos à mesa de um café a falar de mulheres, sexo, fetiches e casamento.
Miguel Azevedo 23 de Setembro de 2021 às 09:13
Ricardo Carriço e Ricardo Castro são os dois atores que dão corpo aos 'Monólogos do Pénis'
Ricardo Carriço e Ricardo Castro são os dois atores que dão corpo aos 'Monólogos do Pénis' FOTO: Direitos Reservados
As mulheres dizem que fingem os orgasmos, mas será que os homens também fingem? Será que têm técnicas próprias? Quem a partir desta quinta-feira for ver a peça ‘Monólogos do Pénis’, no Casino Estoril, o mais provável é que continue com as mesmas dúvidas, mas pelo menos virá de lá com a barriga cheia... de riso.

Adaptada por Luís Filipe Borges de um original do dramaturgo brasileiro Carlos Eduardo Novaes, a peça junta Ricardo Carriço e Ricardo Castro, “dois homens que, sentados à mesma mesa, falam de mulheres, deles próprios e das suas fragilidades”, explicam. De um lado, um ‘fura-vidas’ vendedor de automóveis, do outro, um ‘sofisticado’ jornalista e escritor. Sexo, casamento, fetiches ou conquistas, nada fica por falar. Mas esta está longe de ser uma peça só para eles. “É uma peça para toda a gente e que não é de todo tendenciosa. Queremos é que as pessoas de divirtam porque temos a possibilidade de nos rirmos de nós próprios e de nos ridicularizarmos um bocadinho”, diz Ricardo Carriço.

A ideia da peça nasceu nos bastidores da novela ‘Amar Demais’ (TVI), quando os dois atores se desafiaram mutuamente. “Estávamos cá fora a desconstruir o texto para nos rirmos um pouco quando surgiu a ideia de fazermos algo juntos. Um pouco depois surgiu-nos este texto que foi um sucesso no Brasil, visto por milhões de pessoas”, revela Ricardo Castro.

A peça está em cena de quinta a sábado, às 21h, e aos domingos às 18h. Bilhetes entre 13 e 15 euros.
Ver comentários