Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
6

Morreu Mário Amaral, um dos fundadores do Cine Clube de Avanca

Artista plástico, pintor, Mário Amaral "desenvolveu, ao longo da sua vida, uma obra muito própria".
Lusa 22 de Outubro de 2021 às 13:13
Mário Amaral
Mário Amaral FOTO: Direitos Reservados/Facebook
O engenheiro Mário Andrade Amaral, um dos fundadores e ativistas do Cine Clube de Avanca, morreu na passada quarta-feira, dia 20 de outubro, disse esta setxa-feira à agência Lusa fonte daquela estrutura associativa.

Nascido há 75 anos, nos Açores, Mário Amaral formou-se em engenharia e ingressou cedo, na sua carreira, nos quadros de uma multinacional da indústria alimentar, que possui uma unidade de produção em Avanca, acabando por se ligar à região e ser um dos signatários da fundação do cineclube, em 18 de novembro de 1982.

Artista plástico, pintor, Mário Amaral "desenvolveu, ao longo da sua vida, uma obra plástica muito própria, que, de forma continuada, foi evoluindo por entre a força das cores e da forte presença do ato de pintar", conta o Cine Clube, acrescentando que "o óleo e o acrílico acompanharam sempre cada uma das suas obras, fortemente expressivas".

Uma das primeiras participações de Mário Amaral em eventos públicos de arte, foi a exposição "Artistas de Avanca", que decorreu nos anos de 1970, na Casa Museu Egas Moniz.

Preparando-se para comemorar, em 2022, 40 anos de fundação e 45 de efetiva e ininterrupta atividade, Cine Clube de Avança, associação sem fins lucrativos que Mário Amaral ajudou a criar, "tem hoje uma implantação local e internacional assinalável", sublinha a entidade.

Desde 1997 o Cine Clube organiza o festival AVANCA -- Encontros Internacionais de Cinema, Televisão, Vídeo e Multimédia, que este ano teve a sua 25.ª edição, e regista atividade na produção cinematográfica com mais uma centena e meia de obras produzidas e exibidas em mais de 70 países.

O funeral de Mário Amaral realiza-se no sábado, pelas 10:30, na Igreja Paroquial de Santo António de Nova Oeiras, para o cemitério de Oeiras.

Ver comentários