Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
7

Morreu Saul Bellow

O escritor norte-americano Saul Bellow, Prémio Nobel da Literatura em 1976, morreu terça-feira na sua residência em Massachussetts aos 89 anos de idade, anunciaram os seus familiares.
6 de Abril de 2005 às 04:19
Walter Pozen, advogado e amigo do escritor, disse que a morte ocorreu na sua residência na localidade de Brookline, no Estado do Massachusetts, depois de uma doença prolongada.
Membro da geração de escritores judeus que surgiu depois da segunda Guerra Mundial (entre os quais Philip Roth, Isaac Bashevis Singer, Bernard Malamud), Bellow foi galardoado com o Prémio Nobel em 1976 pela sua "compreensão do ser humano e a sua subtil análise da cultura contemporânea".
Na literatura norte-americana era considerado um dos mais representativos das letras do século XX, juntamente com William Faulkner.
Entre as suas obras mais conhecidas incluem-se "Herzog", "Humboldt´s Gift" assim como "Adventures of Augie March". Uma das suas últimas obras foi "Ravelstein", um romance publicado em 2000 que se baseou na vida do seu amigo Allan Bloom e "Collected stories" em 2001.
Foi o primeiro escritor norte-americano a receber o Prémio Nacional do Livro (National Book Award) em três ocasiões distintas: 1954, 1965 e 1971. Em 1976 foi-lhe concedido o Prémio Pulitzer pelo seu romance "Humboldt´s Gift".
Ver comentários