Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
6

Nicolas Cage feito herói

Esqueçam Indiana Jones. O novo caça-tesouros já tem nome: chama-se Nicolas Cage, ou melhor, Benjamin Franklin Gates, é um amante inveterado da arqueologia e vai descobrir, em ‘O Tesouro’, uma preciosidade histórica que ninguém acreditava que existisse.
9 de Dezembro de 2004 às 00:00
Trata-se de uma fortuna incalculável, guardada a sete chaves pelos fundadores dos Estados Unidos (!) e cujo mapa está escondido no documento de Declaração da Independência daquele país (!!). Nada mais fácil, portanto, de roubar...
O filme, que chega hoje às nossas salas de cinema, teve uma recepção pouco simpática por parte da crítica, mas isso não impediu que magotes de gente acorresse para ver a estreia americana: ‘National Treasure’ foi o filme mais visto na primeira semana de exibição nos EUA, arrecadando quase 27 milhões de euros.
O que prova que, mesmo a ficar sem cabelo, Nicolas Cage continua a mover multidões.
ELENCO DE LUXO
Claro que o nome de Jerry Bruckheimer também teve a ver com o interesse que o filme despertou. O produtor – que trabalhou com Cage nos filmes ‘O Rochedo’, ‘Con Air - Fortaleza Voadora’ e ‘60 Segundos’ – tem uma carreira feita de sucessos. Entre os seus filmes mais conhecidos contam-se ‘Flashdance’, ‘American Gigolo’, ‘Top Gun’ ou ‘Dias de Tempestade’.
‘O Tesouro’ tem ainda o aliciante extra de contar com um elenco de luxo, onde avultam os nomes dos veteranos Harvey Keitel, Jon Voight e Christopher Plummer, o eterno Capitão Von Trapp da ‘Música no Coração’.
A dar o indispensável toque feminino encontramos Diane Kruger, a bela Helena do filme ‘Tróia’, protagonizado por Brad Pitt.
Nascida na Alemanha há 28 anos e casada há três com o actor francês Guillaume Canet (de ‘A Praia’), a actriz – que antes de o ser foi bailarina e manequim – volta a mostrar que tem atributos suficientes para ser aplaudida no grande ecrã. Até já perdeu os oito quilos que teve de engordar para ‘Tróia’.
OUTROS FILMES
'POLAR EXPRESS'
Esta realização de Robert Zemeckis (‘Forrest Gump’) é a grande aposta da Columbia Pictures para esta época natalícia. Trata-se de uma produção que, utilizando uma nova técnica de animação, relata a aventura de um rapazinho céptico, que faz uma extraordinária viagem de comboio até ao Pólo Norte, que acaba por transformar-se numa jornada de auto-conhecimento. No final, ele aprende que a magia da vida de uma pessoa nunca se desvanece para aqueles que acreditam nela.
'SORTE NULA'
Fernando Fragata, realizador de ‘Pesadelo Cor-de-Rosa’ – que fez sucesso nos cinemas nacionais – regressa com ‘Sorte Nula’, protagonizado por Hélder Mendes, António Feio e Rui Unas. ‘Thriller’ à portuguesa, repleto de acção, ‘Sorte Nula’ segue a aventura de Alberto a partir do momento em que este decide fugir com o amor da sua vida: está de malas feitas e bilhete na mão e pensa que ninguém o pode deter... Só que não é bem assim. O seu maior inimigo está à espreita com uma crueldade infinita e uma estratégia imprevisível! Destaque para o tema do filme, ‘O Mundo ao Contrário’, dos Xutos & Pontapés.
Ver comentários