Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
7

Pearl Jam vão tocar no Festival Alive

Banda americana regressa a Portugal em Julho.
1 de Dezembro de 2017 às 08:11
Os Pearl Jam, em 2017
Os Pearl Jam, em 2017
Os Pearl Jam, em 2017
Os Pearl Jam, em 2017
Os Pearl Jam, em 2017
Os Pearl Jam, em 2017
A organização do Festival Nos Alive anunciou esta sexta-feira os Pearl Jam como cabeça de cartaz para 14 de Julho. A banda de Eddie Vedder esteve pela última vez em Portugal precisamente no festival de Oeiras, em 2010.



A banda de Seattle tem, desde há muito, uma grande ligação a Portugal, país que visitam regularmente. Eddie Vedder sempre elogiou o país como um excelente destino de férias, pela comida, pelo surf e pela simpatia com que diz ser recebido.

Os músicos americanos vão terminar a digressão europeia dia 14 de julho no Passeio Marítimo de Algés. A tournée arranca no próximo mês de junho em Amesterdão e vai contar com 14 datas por toda a Europa.

Os Pearl Jam, uma das bandas precursoras do movimento Grunge nos anos 1990, junta-se a um cartaz onde já constam nomes como os Queens of the Stone Age, The National ou Future Islands.

O Nos Alive realiza-se entre 12 e 14 de julho de 2018, em Algés.

Grupo tem legião de fãs em Portugal
Os Pearl Jam regressam em 2018 ao festival onde atuaram em 2007 - na primeira edição do NOS Alive - e em 2010. Nesse ano, a banda de Eddie Vedder terminava em Portugal a digressão do álbum "Backspacer", o penúltimo que editou. Depois desse, publicou "Lightning Bolt" (2013).

Em 2012 e em 2014, Eddie Vedder esteve em Portugal para atuar, a solo, nos festivais Super Bock Super Rock e Sudoeste.

Originários de Seattle, os Pearl Jam são uma das bandas-chave do movimento 'grunge' norte-americano. Formados por Eddie Vedder (voz), Matt Cameron (bateria), Stone Gossard (guitarra), Jeff Ament (baixo) e Mike McCready (guitarra), editaram o primeiro álbum, "Ten", em 1991.

Em 2011 celebraram vinte anos com várias reedições, um documentário, "Pearl Jam Twenty", de Cameron Crowe, e um livro com o mesmo título, de Jonathan Cohen e Mark Wilkerson.

Este ano, os Pearl Jam integraram o Rock and Roll Hall of Fame, nos Estados Unidos, e editaram "Let's play two", um álbum ao vivo e um filme-concerto de uma atuação em Chicago.

Os Pearl Jam têm, em 2018, quatro concertos agendados, no Brasil e Argentina e Chile.

Festivais anunciam nomes
Ainda a largos meses do calendário preenchido de festivais de verão, algumas promotoras têm vindo a anunciar alguns nomes para as próximas edições, sobretudo por causa da venda antecipada de bilhetes e passes por altura do Natal.

Hoje, o festival EDPCoolJazz revelou o primeiro nome de 2018, com o músico norte-americano Gregory Porter escalado para atuar a 20 de julho no Jardins do Marquês de Pombal, em Oeiras.

Bruno Mars foi o primeiro, e até agora único, nome anunciado para o Rock in Rio Lisboa, que ocupará o Parque da Bela Vista nos dias 23, 24, 29 e 30 de junho.

Na área do metal, a próxima edição do Barroselas Me-talfest, a decorrer de 27 a 29 de abril, vai contar com nomes como os norte-americanos Suffocation, os noruegueses Carpathian Forest e os suecos Nifelheim, enquanto o festival de Vagos já anunciou Cradle of Filth, Converge, Ensiferum e Dragonforce, entre outros.

Ainda sem nomes anunciados, o festival Nos Primavera Sound, de 07 a 09 de junho no Porto, já esgotou o primeiro lote de passes mais baratos, a 85 euros.

O Super Bock Super Rock, marcado de 19 a 21 de julho, e o Vodafone Paredes de Coura, de 15 a 18 de agosto, não têm ainda artistas anunciados.


pearl jam festival nos alive regresso portugal concerto 2018
Ver comentários