Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
5

PORTUGAL FASHION DESFILA HOJE

A 11.ª edição do “Portugal Fashion Porto 2002” arranca hoje e só termina no próximo sábado. Até lá, o Edifício Alfândega vai transformar-se na maior “passerelle” do País na qual desfilarão modelos, criações e marcas com cunho nacional, na apresentação das colecções Primavera/Verão 2003.
31 de Outubro de 2002 às 00:00
As edições anteriores do evento têm sido marcadas pela presença de manequins de craveira internacional. Pela Invicta já passaram Eva Herzigova, Linda Evangelista, Elle McPherson, Ester Cañadas Mark Vanderloo. Este ano não será, portanto, excepção.
A passar moda portuguesa estarão o brasileiro Marcelo Boldini, considerado um dos 15 melhores modelos masculinos do Mundo, a argentina Martina Klein e Erin O’Connor, modelo que já desfilou para nomes como tão conceituados como Jean-Paul Gaultier ou Chanel.
No que se refere a nomes portugueses, o “Portugal Fashion Porto 2002” seleccionou os modelos mais conhecidos.

O arranque desta edição 2002 está marcado para as 20h00 de hoje, uma noite em que será possível apreciar as propostas criativas da Concreto, assinadas por Osvaldo Martins, de Peter Murray, por Paulo Pinto, de Lanidor, desenhadas por Cláudia Ribeiro, de Ráfia, com a assinatura de Manuela Martins, e ainda de Bruno Belloni e Dores Osório.

Mais tarde, a partir das 22h30, inicia-se o segundo desfile, desta feita com propostas de Jotex by Luís Buchinho; Mac Moda by Nuno Gama e António Simões; Charles by Paulo Cravo & Nuno Baltazar; Manuela Tojal; Lion of Porches by Júlio Torcato, e António Augustus.

Amanhã, pelas 20h00, subirão ao palco do Edifício Alfândega as colecções estivais da dupla João Tomé e Francisco Pontes; Anabela Baldaque; Júlio Torcato; Katty Xiomara; Pedro Mourão; Rita Bonaparte e Luís Buchinho. A partir das 22H30 entrarão em ‘passerelle’ as criações de Maria Gambina; Paulo Cravo & Nuno Baltazar; Nuno Tiago; Miguel Vieira; Lena Aires; Osvaldo Martins e Ana Salazar.

Finalmente, no sábado o evento termina em apoteose com a Fashion Party LUX Portugal Fashion, no decorrer da qual serão entregues os Prémios Imagem LUX/Portugal Fashion.

Lembramos que o “Portugal Fashion” é uma iniciativa da responsabilidade da ANJE (Associação Nacional de Jovens Empresários), em parceria com a APT (Associação Portuguesa de Têxteis e Vestuário), com o ICEP Portugal (Inventimento , Comércio e Turismo) e com a DGI – Direcção Geral de Indústria. A iniciativa conta ainda com o apoio do POC – Programa Operacional da Economia.

Para esta edição 2002, Manuel Seerão, presidente da ANJE, espera “que a criatividade dos nossos estilistas e das nossas marcas sejam outra vez motivo de grande apreciação por parte de compradores, visitantes e espectadores”, conforme declarou ontem ao “Correio da Manhã”.

“Espero que este ciclo do biénio 2001-2002, em que realizámos quatro acções em Portugal e no estrangeiro, possa fechar com chave de ouro, de molde a que os apoios que já estamos a negociar para os próximos anos não sejam postos em causa”, adiantou aquele responsável. Ainda de acordo com Manuel Serrão, a estratégia da ANJE passa por “discutir com o ICEP os melhores cenários para as próximas edições” do “Portugal Fashion”.

Garantida está também a continuação dos desfiles em Paris porque, referiu Manuel Serrão, “desistir neste momento seria deitar fora o trabalho e o dinheiro que fizemos nos últimos três anos, isto numa altura em que já há resultados palpáveis”.
Ver comentários