Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
8

As fotos do Altlantic Music Expo

Olavo Bilac fecha três dias de concertos na Rua Pedonal do Plateau, no centro histórico da Cidade da Praia.
Tiago Sousa Dias 10 de Abril de 2015 às 12:04
Lura
Richard Bona
Dino D´Santiago
Fábia Rebordão e Dino D´Santiago
Gileno Santana
Jowee Omicil
Esperanza Spalding
Richard Bona
 Jowee Omicil
Esperanza Spalding
Magic Santiago atua no festival
Tony de Marineta toca guitarra na praia, num momento mais descontraído
Um membro do público do Atlantic Music Festival emocionado
Um músico da Orquestra Nacional ensaia
Manuel de Candinho e Quarteto Tradicional atuam no palco do Kriol Jazz Festival
O músico Vasco Martins ao piano
Olavo Bilac anima o público em palco
Awadi durante o Festival Atlantic Music Expo
Fattu Djakite e Jenifer Solidade durante a atuação de DJs no bar Freedom
Rapaz 100 juizo em palco com Fattu Djakite
Artista nigeriano Kuku (à esquerda) em palco durante a sua atuação
Kakana cantou no festival
Ministro da cultura Mário Lúcio e o Presidente da República José Carlos Fonseca dão um abraço depois dos discursos de encerramento
Olavo Bilac recebe aplausos do público cabo-verdiano
Elida Ameida encanta os fãs
Karina Gomes canta durante a sua atuação
Nana Vasconcelos dá um workshop de percussão
O público assiste aos concertos no bairro da Achadinha
Pura Fé tocam no festival
Lura
Richard Bona
Dino D´Santiago
Fábia Rebordão e Dino D´Santiago
Gileno Santana
Jowee Omicil
Esperanza Spalding
Richard Bona
 Jowee Omicil
Esperanza Spalding
Magic Santiago atua no festival
Tony de Marineta toca guitarra na praia, num momento mais descontraído
Um membro do público do Atlantic Music Festival emocionado
Um músico da Orquestra Nacional ensaia
Manuel de Candinho e Quarteto Tradicional atuam no palco do Kriol Jazz Festival
O músico Vasco Martins ao piano
Olavo Bilac anima o público em palco
Awadi durante o Festival Atlantic Music Expo
Fattu Djakite e Jenifer Solidade durante a atuação de DJs no bar Freedom
Rapaz 100 juizo em palco com Fattu Djakite
Artista nigeriano Kuku (à esquerda) em palco durante a sua atuação
Kakana cantou no festival
Ministro da cultura Mário Lúcio e o Presidente da República José Carlos Fonseca dão um abraço depois dos discursos de encerramento
Olavo Bilac recebe aplausos do público cabo-verdiano
Elida Ameida encanta os fãs
Karina Gomes canta durante a sua atuação
Nana Vasconcelos dá um workshop de percussão
O público assiste aos concertos no bairro da Achadinha
Pura Fé tocam no festival
Lura
Richard Bona
Dino D´Santiago
Fábia Rebordão e Dino D´Santiago
Gileno Santana
Jowee Omicil
Esperanza Spalding
Richard Bona
 Jowee Omicil
Esperanza Spalding
Magic Santiago atua no festival
Tony de Marineta toca guitarra na praia, num momento mais descontraído
Um membro do público do Atlantic Music Festival emocionado
Um músico da Orquestra Nacional ensaia
Manuel de Candinho e Quarteto Tradicional atuam no palco do Kriol Jazz Festival
O músico Vasco Martins ao piano
Olavo Bilac anima o público em palco
Awadi durante o Festival Atlantic Music Expo
Fattu Djakite e Jenifer Solidade durante a atuação de DJs no bar Freedom
Rapaz 100 juizo em palco com Fattu Djakite
Artista nigeriano Kuku (à esquerda) em palco durante a sua atuação
Kakana cantou no festival
Ministro da cultura Mário Lúcio e o Presidente da República José Carlos Fonseca dão um abraço depois dos discursos de encerramento
Olavo Bilac recebe aplausos do público cabo-verdiano
Elida Ameida encanta os fãs
Karina Gomes canta durante a sua atuação
Nana Vasconcelos dá um workshop de percussão
O público assiste aos concertos no bairro da Achadinha
Pura Fé tocam no festival

O Atlantic Music Expo (AME) deste ano encerrou da melhor forma com a actuação do músico luso-cabo verdiano Olavo Bilac e do guitarrista Vaisse, que tantas vezes partilhou o palco de Cesária Évora. Logo nos primeiros acordes recordou a Diva dos pés descalços, o público reagiu de imediato, com grande entusiasmo, e Olavo Bilac entrou nas "ondas verdes do mar". o carinho dos aplausos foi um doce que lhe deu a força para um concerto muito sentido pelo artista português que partilhou a sua morabeza com um público conhecedor do seu reportório que lhe exigiu um encore.

A Rua Pedonal do Plateau, centro histórico da Cidade da Praia, ilha se Santiago, viveu 3 dias de muita música. No primeiro dia, a Guineense Karina Gomes, que gravou o ano passado o disco Mindjer (mulher), mostrou porque valeu a pena esperar pelo momento certo para o lançar. O público já tinha ganho a noite, mas Jenifer Solidade ainda tinha uma estória para contar: a estória de Jack, a versão cabo verdiana de Hit the Road Jack. Os moçambicanos Banda Kakana mostraram a sua marrabenta antes de fechar o palco.

No segundo dia, mais uma dezena de espectáculos. Os Rapaz 100 Juizo convidaram Fattu Djakite para entrar no hip hop da Praia: os dois rapazes entraram com uma banda formada por músicos jovens, que tocam hip hop com a mesma facilidade com que tocam mornas e coladeras. Uma nova geração de grande versatilidade e qualidade. Elida Almeida, depois de abrir o Kriol Jazz, foi agora a vez de se mostrar na AME para uma plateia compacta, que mais uma vez cantou fervorosamente todo o seu disco. Do Senegal, Awadi, o reagge da costa ocidental africana fez dançar a Praça Luis de Camões.

Dois discursos encerraram a edição do Atlantic Music Expo deste ano. O ministro da Cultura e cantor Mário Lúcio anunciou a sua saída do Governo desejando que o seu sucessor dê continuidade a este projecto. Já o Presidente da República de Cabo Verde, Jorge Carlos Fonseca, quando chamado a discursar, foi alvo de um apoio fervoroso dos cabo verdianos que estavam presentes na Praça Luis de Camões, uma vez que vetou a proposta de lei aprovada por unanimidade pela Assembleia Nacional, que daria 64% de aumento do salário dos deputados.

Ver comentários