Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
7

Brindes abrem caminho ao Sp. Braga para ser o novo vice-líder

Erros colossais do guarda-redes do Nacional facilitaram tarefa aos minhotos, que ainda apanharam um susto no segundo tempo.
Abel Sousa 1 de Março de 2021 às 08:59
Borja, que chegou ao Sp. Braga na reabertura do mercado, proveniente do Sporting, tenta escapar a Vincent Thill
Borja, que chegou ao Sp. Braga na reabertura do mercado, proveniente do Sporting, tenta escapar a Vincent Thill FOTO: homem de gouveia/lusa
O Sp. Braga subiu ao 2º lugar da Liga ao vencer ontem na Choupana, diante do Nacional, por 2-1, aproveitando o empate cedido pelo FC Porto na véspera frente ao Sporting. Moralizados por esse objetivo, os arsenalistas, que estão a nove pontos dos leões, entraram na partida a todo o gás e com apenas 30 segundos jogados já Rui Correia impedia, sobre a linha, que um remate de Abel Ruiz entrasse na baliza nacionalista. Foi, contudo, uma questão de tempo. A supremacia do Sp. Braga seria coroada com dois golos no curto espaço de quatro minutos, ambos com marca indelével, pela negativa, do guarda-redes Riccardo Piscitelli. No primeiro, largou a bola para a emenda fácil de Fransérgio e, no segundo, fez um corte deficiente fora da área que deixou Abel Ruiz isolado e com a baliza deserta. E até ao intervalo a situação dos madeirenses só não ficou mais difícil porque dois remates do espanhol foram aos postes.

O Nacional melhorou no 2º tempo, sobretudo porque passou a ser mais agressivo sobre a bola, e relançou o jogo, aos 69’, quando Bryan Riascos reduziu distâncias, numa altura em que o Sp. Braga já começava a gerir o esforço a pensar no jogo da 2ª mão das meias-finais da Taça de Portugal, que se realiza esta quarta-feira no Dragão (1-1 na 1ª mão). O golo do 1-2 teve o condão de partir o jogo na fase final, com Gaitán e Vítor Oliveira a desperdiçarem as melhores ocasiões. Triunfo justo do Sp. Braga, sobretudo pelo que fez na primeira parte.

“2º lugar? olhamos para o jogo da Taça”
Carlos Carvalhal minimizou o facto de ter chegado ao segundo lugar da Liga. “Olhamos é para o jogo de quarta-feira da Taça de Portugal com o FC Porto. O nosso foco é chegar à final.”
Ver comentários