Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
1

Campeão mundial francês Adil Rami acerta rescisão por mútuo acordo com Boavista

Defesa internacional despediu-se do último encontro oficial pelo Boavista em lágrimas.
Lusa 29 de Julho de 2021 às 20:05
Adil Rami
Adil Rami FOTO: Reuters
O defesa internacional francês Adil Rami acertou a rescisão contratual por mútuo acordo com o Boavista, antecipando a quebra de um vínculo extensível até ao final da temporada, anunciou hoje o clube da I Liga de futebol.

"A Boavista FC, Futebol SAD e o jogador Adil Rami acertaram por mútuo acordo a desvinculação contratual, terminando uma ligação iniciada em 2020/21. A Boavista FC, Futebol SAD agradece todo o profissionalismo e contributo prestado por Adil Rami ao longo da última temporada, desejando-lhe as maiores felicidades para a sua carreira", informaram os 'axadrezados', em comunicado publicado no sítio oficial na Internet.

Adil Rami, de 35 anos, fez 22 jogos pelo Boavista, intercalados com alguns problemas físicos, após representar os franceses do Lille e do Marselha, os italianos do AC Milan e os espanhóis do Valência e do Sevilha, pelos quais venceu a Liga Europa, em 2015/16.

"O dia de hoje marca o final da minha aventura com o Boavista. Quero agradecer aos diretores pela confiança depositada em mim, aos meus colegas pelos momentos que vivemos juntos, mas, acima de tudo, aos adeptos pelo apoio e carinho que me deram ao longo da temporada. O nosso caminho separa-se aqui, mas nunca vos esquecerei", assinalou o defesa, numa mensagem publicadas na rede social Instagram.

Adil Rami despediu-se do último encontro oficial pelo Boavista em lágrimas, logo após a confirmação de uma sofrida permanência dos portuenses, graças a uma reviravolta vitoriosa frente ao Gil Vicente (2-1), na 34.ª e última jornada da edição 2020/21 da I Liga.

Com 36 internacionalizações e um golo pelos 'bleus', o central sagrou-se campeão do mundo de seleções em 2018 e ainda evoluiu pelos turcos do Fenerbahçe e pelos russos do Sochi, clubes que antecederam a chegada ao Estádio do Bessa no verão passado.

O conjunto de João Pedro Sousa já tinha consumado o fim dos empréstimos dos guarda-redes Léo Jardim (Lille) e Cristian (Atlético Mineiro), dos defesas Jesús Gómez (Atlas) e Cristian Devenish (Atlético Nacional), dos médios Angel Gomes e Show (Lille) e Nuno Santos (Benfica) e dos avançados J???orge Benguché (Olimpia) e Kuku Fidelis (Vizela).

Já os jovens Brandon Ndezi e Diego Llorente foram dispensados durante a pré-época, enquanto o médio Paulinho foi vendido esta semana aos sauditas do Al Shabab.

O Boavista prepara a receção ao Portimonense, também da I Liga, no domingo, no Estádio do Bessa, no Porto, em jogo da segunda fase da Taça da Liga.

Adil Rami Boavista I Liga Boavista FC Futebol SAD Estádio do Bessa Cristian Devenish desporto
Ver comentários