Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto

França empata na Ucrânia, Croácia passa na Eslováquia no apuramento para Mundial 2022

França, campeã mundial em título, comanda com nove pontos em cinco jogos.
Lusa 4 de Setembro de 2021 às 23:25
O francês Anthony Martial marca no jogo frente à Ucrânia
O francês Anthony Martial marca no jogo frente à Ucrânia FOTO: REUTERS/Gleb Garanich
A França empatou hoje 1-1 na Ucrânia e manteve-se imbatível no grupo D de apuramento para o Mundial2022 de futebol, enquanto a Croácia ganhou por 1-0 na Eslováquia e continua igualada com a Rússia na liderança da 'poule' H.

O benfiquista Roman Yaremchuk foi titular no ataque da Ucrânia, que se adiantou no marcador com um golo de Mykola Shaparenko, aos 44 minutos, valendo aos gauleses a resposta de Anthony Martial, que aos 50 minutos apontou o seu primeiro tento pela seleção em cinco anos. Moussa Diaby ainda acertou no poste dos anfitriões, mas o empate persistiu.

A França, campeã mundial em título, comanda com nove pontos em cinco jogos, mas somente mais quatro do que a Finlândia, que ganhou por 1-0 ao Cazaquistão e tem somente três desafios, enquanto a Ucrânia tem cinco pontos, correspondentes a outros tantos empates.

Foi só aos 86 minutos que a Croácia, vice-campeã do mundo, confirmou o favoritismo em casa da Eslováquia, com o médio Marcelo Brozovic a apontar o tento que permite ao conjunto dos Balcãs somar 10 pontos em cinco jogos no grupo H, o mesmo pecúlio da Rússia, que horas antes ganhou por 2-0 em Chipre.

Na 'poule' G, os Países Baixos golearam Montenegro por 4-0, com um 'bis' de Memphis Depay, e continuam a partilhar o segundo posto com a Noruega, que ganhou por 2-0 na Letónia e tem os mesmos 10 pontos em cinco partidas, menos uma do que a Turquia, vencedora por 3-0 em Gibraltar.

A 'laranja mecânica' volta a contar com Louis van Gaal, que iniciou a terceira experiência como treinador na seleção do seu país.

No grupo F, Israel goleou a Áustria por 5-2, enquanto a Escócia se impôs à Moldávia por 1-0, triunfos que lhes permitem somar 10 e oito pontos, respetivamente, que resultam no segundo e terceiro lugares.

A Dinamarca, que passou com tangencial 1-0 nas Ilhas Faroé, comanda o agrupamento com confortáveis 15 pontos, resultantes do pleno de cinco vitórias.

Ver comentários