Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
5

João Almeida ganha etapa e lidera Volta à Polónia

Almeida desembaraçou-se do italiano Diego Ulissi, da UAE-Team Emirates, na aproximação em subida à meta de Przemysl.
Lusa 10 de Agosto de 2021 às 18:32
Ciclista João Almeida
Ciclista João Almeida
Ciclista João Almeida
Ciclista João Almeida
Ciclista João Almeida
Ciclista João Almeida
O ciclista português João Almeida (Deceuninck-QuickStep), que ganhou esta terça-feira a segunda etapa da Volta à Polónia, assumindo a liderança da prova, salientou o 'sabor' especial desta sua primeira vitória no WorldTour.

"Estou muito feliz, porque esta é uma grande vitória para mim. Estava um pouco nervoso antes do início da escalada final, mas, assim que chegámos lá, notei como me sentia bem e decidi lançar um ataque tudo ou nada", afirmou João Almeida em declarações reproduzidas no sítio de internet da equipa belga.

Almeida desembaraçou-se do italiano Diego Ulissi, da UAE-Team Emirates, na aproximação em subida à meta de Przemysl, e triunfou com ligeiro avanço sobre o adversário.

"Concentrei-me apenas em mim e em gerir o meu esforço, e mesmo depois de Ulissi me passar, continuei calmo e ainda tinha o suficiente para subir para a vitória", relatou o atleta luso.

A etapa, corrida entre Zamosc e Przemysl (200,8 quilómetros), foi cumprida em 4:41.43 horas pelo português, que assim consegue a sua primeira vitória em competições do 'World Tour' da modalidade. No programa do dia estavam três contagens de montanha e um final em subida, mas não categorizada.

"Conseguir a vitória aqui, numa escalada tão brutal, dá-me muita satisfação, e a camisola amarela que veio com ela é apenas a cereja no topo. Nos próximos dias vamos ver o que podemos fazer na classificação geral, mas no momento quero aproveitar este dia inesquecível para mim junto com esta equipa incrível que foi novamente de grande ajuda", disse Almeida, que conquistou a 41.ª vitória da Deceuninck-QuickStep na temporada.

Almeida, Ulissi e ainda o esloveno Matej Mohoric (Baharain) foram os que mais se esforçaram por escapar ao pelotão no final, entrando por essa ordem na meta, para um 'sprint' a três, quatro segundos à frente do polaco Michal Kwiatkowski (Ineos-Grenadiers).

Na geral, o chefe de fila da Deceuninck-QuickStep na Polónia comanda com quatro segundos de avanço sobre Mohoric e Ulissi e 11 sobre Kwiatkowski.

Na quarta-feira, a terceira etapa, com três contagens de montanha, vai ligar Sanok a Rzeszów, em 226,4 quilómetros.
Volta João Almeida Przemysl Polónia Deceuninck-QuickStep desporto ciclismo
Ver comentários