Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
2

Jogos Olímpicos de Tóquio2020 foram os mais vistos da história

Competição contou com uma audiência global de mais de três mil milhões de espetadores.
Lusa 8 de Dezembro de 2021 às 20:21
Jogos olímpicos
Portugal nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020
Jogos olímpicos
Portugal nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020
Jogos olímpicos
Portugal nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020
Os Jogos Olímpicos de Tóquio2020 contaram com uma audiência global de mais de três mil milhões de espetadores, sendo os mais vistos de sempre, segundo um estudo esta quarta-feira divulgado pelo Comité Olímpico Internacional (COI).

A cobertura oficial dos jogos no Japão através das plataformas digitais e dos canais associados gerou 28 mil milhões de visualizações de vídeo no total, mais 139% face aos anteriores Jogos no Rio de Janeiro (2016).

Por seu turno, a quantidade de cobertura televisiva disponível subiu 33%, enquanto a produção digital cresceu 34% num evento que, devido à pandemia de covid-19, não contou com público pela primeira vez e foi adiado de 2020 para este ano.

O presidente do COI, Thomas Bach, realçou em conferência de imprensa que estes dados refletem o sucesso de Tóquio2020, bem como o panorama de mudança na comunicação e a maior interação do público jovem com os Jogos Olímpicos.

Paralelamente, o responsável anunciou o lançamento de um pacote de ajuda humanitária dirigido à comunidade olímpica e paralímpica do Afeganistão, em colaboração com a Agência das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR).

O pacote de 560 mil dólares (cerca de 493 mil euros) visa beneficiar cerca de duas mil pessoas.

Bach também foi questionado sobre a tenista chinesa Peng Shuai, que denunciou numa rede social que o ex-vice primeiro-ministro Zhang Gaoli abusou sexualmente dela, e cujo estado de saúde e paradeiro têm levantado preocupações na comunidade internacional.

"Vamos manter o nosso acompanhamento através de videoconferências. A prioridade é garantir a sua integridade física, um dos direitos humanos fundamentais", vincou o líder do COI.

Olímpicos de Tóquio2020 COI Comité Olímpico Internacional Thomas Bach desporto
Ver comentários