Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
5

Nélson Évora e a ‘borrada’ do Benfica

Campeão olímpico do triplo salto fala em “ataque pessoal” feito pelas águias.
Mário Figueiredo 5 de Janeiro de 2019 às 09:52
Nelson Évora
Nelson Évora
Nelson Évora é campeão europeu no triplo salto
Nelson Évora em competição nos Campeonatos da Europa de 2018
Nelson Évora
Nelson Évora
Nelson Évora é campeão europeu no triplo salto
Nelson Évora em competição nos Campeonatos da Europa de 2018
Nelson Évora
Nelson Évora
Nelson Évora é campeão europeu no triplo salto
Nelson Évora em competição nos Campeonatos da Europa de 2018
Nélson Évora não escondeu a sua revolta com a naturalização do cubano Pablo Pichardo e acusa mesmo as águias de um "ataque pessoal". "Não sei porque é que deram a volta ao Mundo para fazer esta borrada", disse em entrevista ao jornal do Sporting.

O campeão olímpico do triplo salto em Pequim 2008, que trocou o Benfica pelo Sporting em 2015, não entende a pressa pela naturalização do cubano. Lembra os casos de Naide Gomes, Francis Obikwelu e ele próprio que chegou a Portugal com seis anos.

"Foi nesse sentido que não achei justo. Foi feito por questões clubísticas e com o objetivo de ataque pessoal quando não houve qualquer má intenção da minha parte na mudança de um clube para o outro. Foi o próprio clube que foi negligente com a minha pessoa", explicou o atleta de 34 anos.

Nélson Évora minimizou o facto de ter perdido o recorde nacional para Pichardo: "As pessoas pensaram que me indignei porque ele bateu o meu recorde nacional, mas o que eu tenho a dizer aos milhares de ‘haters’ é que os recordes nacionais não me dão nada, não me dão privilégio nenhum. A Federação Portuguesa de Atletismo paga 35 euros por cada recorde nacional."

Consciente de que não tem nada a provar, aponta baterias para os jogos olímpicos de Tóquio em 2020. "Eu divirto-me. Não tenho nada a provar a ninguém. As medalhas e os títulos falam por si. Agora quero dar essa alegria ao Sporting e ser medalhado com o ouro nos Jogos Olímpicos", desejou, referindo que já tem "vários projetos" prontos a avançar para quando terminar a carreira.

PORMENORES 
Pablo Pichardo
Pablo Pichardo foi contratado pelo Benfica e obteve nacionalidade portuguesa. Mas só pode representar a seleção nacional a partir de agosto. É uma aposta para os Jogos Olímpicos de Tóquio em 2020.

Recorde nacional
Pichardo obteve este ano o recorde nacional do triplo salto, com um pulo de 17,95 metros em Doha, superando o registo de Nélson Évora (17,74).

Líder do ranking mundial
O benfiquista Pichardo terminou a época como líder do ranking mundial com 17,95 metros. Mas o atleta, que nasceu em Cuba há 25 anos, tem como melhor marca 18,08 metros.
Ver comentários