Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
4

"O Benfica tem uma vontade muito forte de passar esta eliminatória", diz Jorge Jesus

Treinador dos encarnados antevê jogo com o Spartak e mostra-se confiante na sua equipa.
Record 3 de Agosto de 2021 às 15:50
Jorge Jesus fez esta terça-feira a antevisão da partida da primeira mão da terceira pré-eliminatória da Liga dos Campeões, diante do Spartak Moscovo, treinado por Rui Vitória. Um jogo que se disputa amanhã, às 18 horas, em Moscovo.

Que se pode esperar do Benfica amanhã?
"Do Benfica pode-se esperar muita ambição, confiança e uma vontade muito forte de passar esta elimninatória. O adversário também tem as suas ambições, mas cabe aos responsáveis do Spartak falar sobre isso."

Neste encontro vai tirar a prova dos nove relativamente à equipa?
"Tivemos uma pré-época de jogos sem esta responsabilidade. Este é o primeiro a sério. Queremos estar a um nível alto. Temos muita confiança na equipa que temos, no trabalho que estamos a desenvolver e temos capacidade para apresentar um nível de jogo compatível com as 5 semanas de trabalho."

Situação dos golos fora mudou a sua estratégia?
"Para mim muda pouco, apesar de que, quando jogávamos fora, havia sempre uma obrigação técnica e tática, em que era importante fazer o golo. Mas para ganhar é preciso fazer golos. A ambição é vencer."

Vai apostar nos três centrais?
"Na pré-época trabalhámos com uma estrutura de quatro, é normal que mantenhamos a referência do que fizemos na pré-época."

No ano passado nesta fase encontrou PAOK de Abel Ferreira, este ano Rui Vitória. Sente isso como uma desvantagem? 
"Sim, calhou-nos o Abel e agora o Rui Vitória, conhecem-me melhor a mim e a futebol português. Mas hoje temos conhecimento que nos permite passar como estratégia para o jogo. No ano passado tinha cinco semanas de trabalho, agora tenho um ano e cinco semanas. É uma diferença muito grande."

Como é que a saída de Luís Filipe Vieira afetou a equipa? 
"Foi uma surpresa, não que tenha influenciado a nossa forma de trabalhar no nosso dia a dia. A estrutura estava bem montada, partilhávamos as nossas ideias e sabíamos qual era o caminho. Não nos tem faltado nada. A única coisa que nos falta é ganhar amanhã."

Frente de ataque com mais qualidade. Gonçalo Ramos parte na frente na luta pela titularidade amanhã?
O Yaremchuk não está cá, vamos contar com os jogadores que fizeram a pré-época. É verdade que o Gonçalo tem sido muito utilizado, é um menino que está a crescer muito.

Rui Vitória disse que não falaria consigo. Quer comentar?
"Já passaram 6 anos. Quem se vai defrontar aqui são duas equipas e não dois treinadores. Respeito o Spartak e a sua equipa técnica como rivais. Espero que sejam muito felizes, depois dos dois jogos connosco.

O jogo da segunda mão vai ter público. Será uma vantagem para o Benfica?
"O que todos mais queremos é ter espectadores no estádio. Os nossos adeptos são especiais, têm muita influência na sua equipa e estamos desejosos de os vermos no estádio, a ajudar-nos a ganhar."

Considera a carreira de treinador de Rui Vitória mais bem-sucedida que a sua?
"O Rui Vitória teve sucesso no clube onde estou, no Benfica, e também no estrangeiro. Espero do fundo do coração que tenha sucesso no Spartak e que vença as competições em que esteja envolvido."
Ver comentários