Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
2

PORTIMONENSE NA II DIVISÃO B

O Portimonense viu ontem confirmada a descida à II divisão B, depois de não ter ido além de um empate a zero em Marco de Canaveses, frente a um adversário que também precisava de pontuar para evitar a despromoção.
10 de Maio de 2004 às 00:00
Marco foi mais forte que os algarvios e fica na Liga de Honra
Marco foi mais forte que os algarvios e fica na Liga de Honra FOTO: Manuel Araújo
Num jogo sem grande qualidade, apenas na parte final do encontro, a equipa de Portimão criou algum perigo na baliza do Marco, mas o golo não surgiu e os algarvios ‘asseguraram’ a descida de divisão.
A primeira parte da partida foi extremamente fraca, com as duas equipas a entrarem no jogo temendo-se mutuamente, sem criarem grandes oportunidades de golo e sem conseguirem praticar bom futebol.
Durante os primeiros 45 minutos, a bola andou tão longe das duas balizas, obrigando mesmo Mário Reis a mexer na equipa logo à meia hora. O objectivo era melhorar o ataque, até então quase inexistente.
Ao Portimonense só a vitória interessava e por isso a formação algarvia lançou-se à procura do golo, com a defensiva da casa a passar por algum sufoco durante o último quarto de hora. No entanto, a falta de discernimento e de pontaria dos avançados algarvios traíram o Portimonense.
Ainda assim, também o Marco teve duas boas situações para marcar, numa altura em que o seu adversário estava balanceado no ataque. Rui Gomes (75’ e 83’) falhou duas oportunidades para dar a vitória à equipa da casa, mas só com o guarda-redes Márcio Ramos pela frente desperdiçou o golo. Já em período de descontos, o Portimonense esteve perto de marcar na sequência de dois cantos, com a defesa marcoense a sofrer alguns calafrio. Com o apito final do árbitro, chegou o alívio a Marco de Canaveses.
ESTORIL FESTEJA TÍTULO DE CAMPEÃO
O Estoril festejou ontem o tão desejado título na Liga de Honra de futebol, depois de há muito ter assegurado a subida ao escalão principal do futebol português, enquanto o Portimonense ‘chorou’ a descida à 2.ª Divisão B, juntando-se à União da Madeira e Sp. Covilhã, clubes há muito condenados.
Os ‘canarinhos’, com um triunfo caseiro, por 2-1, sobre o Salgueiros, conseguiram assim levar a melhor na luta directa pelo título sobre o V. Setúbal, com os sadinos a terminarem a prova com menos três pontos.
Na luta pela descida, Portimonense e Marco defrontaram-se, com as duas equipas a tentarem evitar a despromoção. O empate a zero acabou por proteger o ‘onze’ de Marco de Canaveses, que terminou com mais dois pontos que os algarvios.
Ver comentários