Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
4

Queda na qualificação deixa Miguel Oliveira na 10.ª posição do Grande Prémio de Portugal de MotoGP

Piloto português tinha sido o segundo mais rápido na quarta sessão de treinos livres, a 0,268 de Quartararo, que já tinha sido o mais rápido.
Lusa 17 de Abril de 2021 às 15:47
Miguel Oliveira
Miguel Oliveira partiu muito bem mas depois foi perdendo lugares
Miguel Oliveira
Miguel Oliveira partiu muito bem mas depois foi perdendo lugares
Miguel Oliveira
Miguel Oliveira partiu muito bem mas depois foi perdendo lugares
Uma queda na segunda tentativa de uma volta rápida na segunda fase da sessão de qualificação do Grande Prémio de Portugal de MotoGP impediu o português Miguel Oliveira (KTM) de ir além da 10.ª posição da grelha de partida.

O português, que até vinha a melhorar o tempo realizado na primeira tentativa, caiu na curva nove, tendo ficado com o tempo de 1.39,445 minutos, mais 0,583 segundos do que o autor da volta mais rápida, o francês Fabio Quartararo (Yamaha), que estabeleceu um novo recorde no circuito português.

Quartararo bateu o melhor registo, que era de Miguel Oliveira, conseguido na sessão de qualificação de 2020, por 0,030 segundos, estabelecendo o novo máximo em 1.38,862 minutos.

O espanhol Alex Rins (Suzuki) foi segundo, a 0,089 segundos de Quartararo, com o francês Johan Zarco (Ducati) em terceiro, a 0,129 segundos, apesar de uma queda na primeira de duas saídas para a pista.

O espanhol Marc Márquez (Honda) foi sexto, a 0,259 segundos.

O italiano Francesco Bagnaia (Ducati), que tinha pulverizado o tempo da 'pole' por meio segundo, acabou por cair para a 11.ª posição, pois o seu registo foi conseguido em situação de bandeiras amarelas devido à queda de Miguel Oliveira.

O piloto português tinha sido o segundo mais rápido na quarta sessão de treinos livres, a 0,268 de Quartararo, que já tinha sido o mais rápido.

O GP de Portugal de MotoGP é a terceira de 19 provas do campeonato do mundo de 2021 e conta com a participação do português Miguel Oliveira (KTM).

Fabio Quartararo Miguel Oliveira KTM Ducati Ducati desporto motociclismo
Ver comentários