Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
2

Rui Pedro Soares antecipa "revolução" para acabar com "interesses" dos três 'grandes'

"Não estamos a falar de uma reforma, mas de uma revolução", afirmou.
22 de Fevereiro de 2018 às 18:23
Rui Pedro Soares
O presidente da SAD do Belenenses, Rui Pedro Soares
Rui Pedro Soares
Rui Pedro Soares
O presidente da SAD do Belenenses, Rui Pedro Soares
Rui Pedro Soares
Rui Pedro Soares
O presidente da SAD do Belenenses, Rui Pedro Soares
Rui Pedro Soares
O presidente da SAD do Belenenses afirmou esta quinta-feira que está em marcha uma "revolução" no futebol português, liderada pelos clubes que compõem o G15, com o objetivo de "acabar com os interesses" de Benfica, Sporting e FC Porto.

"Não estamos a falar de uma reforma, mas de uma revolução", afirmou, de forma perentória, Rui Pedro Soares, à margem de uma visita do Belenenses à escola secundária do Restelo, na qual se fez acompanhar dos futebolistas Pereirinha e Benny.

O líder dos 'azuis' referiu que a tomada de posição do G15 vai surtir efeitos no final desta época, de forma a terminar com os interesses dos três 'grandes'.

"Essa revolução já começou e vai ter momentos marcantes e decisivos no final desta época desportiva. Durante esta década, o futebol foi organizado de maneira a satisfazer o interesse de três clubes e esta época todos nos reunimos porque é altura de acabar e vai acabar", frisou.

As declarações do presidente da SAD do Belenenses surgem dois dias depois de uma reunião do G15 na sede da Liga de clubes, na qual não estiveram presentes Sporting, FC Porto e Portimonense.

Por outro lado, a presença do Benfica foi a grande novidade da reunião. Depois de todos os clubes da I Liga terem sido convidados, o clube da Luz fez-se representar pela primeira vez por Domingos Soares de Oliveira, administrador executivo da SAD, e por Lourenço Coelho, representante dos 'encarnados' na Liga.

Esta reunião teve como objetivo a discussão de cinco pontos: o modelo de governação da Liga, o futuro das equipas B e possibilidade de criação de um campeonato sub-23, a aplicação das verbas amealhadas nas apostas desportivas online, fazer um ponto de situação do Totonegócio e a passagem da realização e produção das transmissões televisivas para a esfera da Liga.
Ver comentários