Barra Cofina

Correio da Manhã

Euro 2020

Polónia

Fique a saber tudo sobre a formação polaca, orientada por Paulo Sousa.
4 de Junho de 2021 às 15:56
Fique a saber tudo sobre a formação polaca, orientada por Paulo Sousa.
4 de Junho de 2021 às 15:56
A Polónia parte para a quarta participação – e de forma consecutiva - em Europeus com Paulo Sousa ao leme de uma seleção experiente, como prova a presença de de nomes como Szczesny, Glik, Krychowiak, Milik ou Lewandowski. Mas conta também com jovens talentos como Frankowski, Reca ou Bielik e um ‘menino’ de 17 anos (Kacper Kozlowski) que é a grande surpresa na convocatória.

Inserida num grupo (E) em que a Espanha se apresenta como natural e principal favorita a ficar com o primeiro lugar, a Polónia deverá lutar com a Suécia pelo 2º posto e tem legítimas aspirações para seguir para a fase a eliminar. Se a Polónia conseguir igualar a prestação de 2016 (chegou aos ‘quartos’) já será considerado um resultado positivo, pois é preciso ter em conta que Paulo Sousa está ainda a conhecer os cantos à casa.


Eleito o melhor do Mundo para a FIFA em 2020, Lewandowski é o mais internacional e melhor marcador da história do futebol polaco. Dele - e da sua forma -, dependerá a maior fatia do sucesso que a seleção comandada por Paulo Sousa possa ou não alcançar neste Europeu.



Paulo Sousa assumiu o cargo em janeiro e orientou a Polónia em apenas três jogos, pelo que não teve o tempo necessário - e que o próprio desejaria - para conhecer melhor os jogadores. Mesmo assim, com a tenacidade que carateriza os treinadores portugueses, é de esperar que faça um bom trabalho e conduza os polacos a bons resultados. A começar já neste Europeu.


O grande ausente nos eleitos de Paulo Sousa é o avançado Krzysztof Piatek, do Hertha Berlim, devido a lesão. Por outro lado, a grande surpresa é a chamada do médio Kacper Kozlowski, do Pogosz Szczecin. Com apenas 17 anos, espreita a estreia numa grande competição, contando apenas com uma internacionalização, frente a Andorra, no apuramento para o Mundial'2022.


Com apenas três jogos realizados, são legítimas as dúvidas quanto à estrutura que Paulo Sousa vai utilizar. Ainda assim, e tendo em conta o histórico do técnico português, nomeadamente a experiência anterior, no Bordéus, a Polónia deverá apresentar-se num 4x2x3x1.

Lewandowski é, naturalmente, o jogador no qual recaem as maiores responsabilidades e as esperanças de Paulo Sousa, colegas e adeptos polacos. Todos esperam que seja capaz de fazer o que melhor sabe: golos.


A Polónia prepara-se para a quarta presença na fase final de um Europeu e, curiosamente, será também a quarta consecutiva. Em 2016 os polacos até conseguiram surpreender e alcançaram os quartos-de-final, mas caíram frente a Portugal, nos penáltis.


A Polónia arranca a fase de grupos em São Petersburgo (Rússia), frente à Eslováquia, a 14 de junho. Cinco dias depois joga em Sevilha diante da seleção da casa (Espanha) e regressa a São Petersburgo para, a 23 de junho, medir forças com a Suécia.




Lewandowski estreou-se pela seleção em 2008, já detém o recorde de internacionalizações (118) e ainda irá aumentar esse registo nos próximos anos. ‘Kuba’ Blaszczykowski (108) e Michal Zewlakow (102) completam o pódio, sendo que além deste trio só Gregorz Lato aingiu a centena de jogos pela Polónia.

1. Robert Lewandowski, 118 jogos
2.  Jakub Blaszczykowski, 108
3.  Michal Zewlakow, 102
4.  Gregorz Lato, 100
5.  Kazimierz Deyna, 97
6.  Jacek Bak e Jacek Krzynowek, 96
8.  Wladyslaw Zmuda, 91
9.  Kamil Grosicki, 83
10.  Kamil Glik, 82


Além de ser o jogador com mais jogos, Lewandowski é também o melhor marcador da história da seleção polaca, com 66 golos, superando por larga margem o 2º colocado, Wlodzimierz Lubanski (48). E o registo goleador de ‘Lewangoalski’ promete continuar a aumentar…

1.  Robert Lewandowski, 66 golos
2.  Wlodzimierz Lubanski, 48
3.  Grzegorz Lato, 45
4.  Kazimierz Deyna, 41
5.  Ernest Pohl, 39
6.  Andrzej Szarmach, 32
7.  Gerard Cieslik, 27
8.  Zbigniew Boniek, 26
9.  Ernst Willimowski, 23
10.  Jakub Blaszczykowski, 21
Nota: todos os dados presentes nesta página estão atualizados até dia 25 de maio de 2021.
Paulo Sousa Euro'2020 Polónia