Barra Cofina

Correio da Manhã

Euro 2020

Áustria

Fique a saber tudo sobre a formação que integra o Grupo C.
Record 4 de Junho de 2021 às 15:57
Fique a saber tudo sobre a formação que integra o Grupo C.
Por Record 4 de Junho de 2021 às 15:57
Quatro anos depois, a Áustria volta a marcar presença numa fase final de um Europeu de futebol. Em 2016, os austríacos estavam inseridos no Grupo F, que contava com as presenças de Hungria, Islândia e Portugal - a Áustria foi, surpreendentemente, a última classificada.

Este ano, a seleção comandada por Franco Foda prepara-se para bater forças com Holanda, Macedónia do Norte e Ucrânia e tudo aponta que será com os ucranianos que este conjunto irá disputar a vaga na próxima fase da prova. Veremos do que será capaz esta seleção que conta com alguns nomes a ter em conta.


O experiente defesa-central David Alaba - que nesta seleção atua numa posição mais ofensiva - já mostrou ser uma das peças mais importantes desta Áustria. Experiente internacionalmente, com várias conquistas e finais ao serviço do Bayern Munique, David Alaba acrescenta, sem dúvidas, mais qualidade ao plantel orientado por Franco Foda.







Assumiu o cargo em janeiro de 2018, leva um total de 32 jogos - dos quais venceu 20 -, mas com muito ainda por provar. Depois do fracasso de 2016 - onde não esteve presente -, Franco Foda foi precisamente contratado para evitar tal desfecho para a seleção austríaca, que conta com um plantel recheado de bons nomes da nata do futebol europeu. Alaba e Arnautovic serão os dois grandes pilares desta seleção.







20 dos 26 convocados pelo selecionador Franco Foda competem em clubes alemães, mais propriamente da Bundesliga. Esta é uma mensagem que poderá dizer muito sobre a qualidade e força desta seleção austríaca. À parte das 'estrelas' David Alaba e Marko Arnautovic, Christoph Baumgartner, médio do Hoffenheim, será alguém para seguir bem de perto. Destaque ainda para a ausência de Sabitzer, avançado do RB Leipzig, que não foi convocado por opção técnica.





Montado num sistema de 4x2x3x1, esta seleção da Áustria dá primazia ao jogo mais lateralizado, sempre com grande influência sobre aquilo que os homens da frente são capazes de fazer, sobretudo Arnautovic, que é a grande figura da equipa.





Depois de 12 edições consecutivas sem conseguir a qualificação, a seleção austríaca estreou-se na fase de grupos de um Europeu em 2008 - enquanto organizadora, juntamente com a Suíça. Em 2016, voltou a repetir a proeza (agora por via da qualificação) e este ano voltou a não fazer por menos. De notar que esta equipa terminou a fase de qualificação com o melhor ataque do seu grupo, com 19 golos, números que podem elevar as expectativas dos adeptos austríacos neste torneio.


A Áustria arranca esta fase de grupos no terceiro dia da prova (13 de junho), frente à Macedónia do Norte, um encontro que poderá servir de catalisador para os homens de Franco Foda. Quatro dias depois (17), os austríacos defrontam a Holanda e encerram esta fase frente à Ucrânia, no dia 21.


Aleksandar Dragovic é o jogador com mais internacionalizações pela seleção A da Áustria ainda no ativo (89), com Marko Arnautovic (87) e Julian Baumgartlinger (82) à perna. David Alaba (79) espreita a entrada no top-10.

1. Andreas Herzog (103)
2. Anton Polster (95)
3. Gerhard Hanappi (93)
4. Aleksandar Dragovic (89)
5. Marko Arnautovic (87)
6. Karl Koller (86)
7. Friedrich Koncilia e Bruno Pezzey (84)
9. Herbert Prohaska (83)
10. Julian Baumgartlinger (82)

Marko Arnautovic está a três golos de igualar Johann Horvath, o terceiro melhor marcador da história da seleção austríaca, tabela que ainda é liderada pelo ex-internacional Anton Polster (44 golos).

1. Anton Polster (44)
2. Johann Krankl (34)
3. Johann Horvath (29)
4. Erich Hof e Marc Janko (28)
6. Anton Schall (27)
7. Matthias Sindelar, Marko Arnautovic e Andreas Herzog (26)
10. Karl Zischek (24)
Nota: todos os dados presentes nesta página estão atualizados até dia 25 de maio de 2021.
Áustria Euro'2020