Barra Cofina

Correio da Manhã

Euro 2020

Bélgica

Fique a saber tudo sobre a seleção belga antes do Europeu.
Record 4 de Junho de 2021 às 15:57
Fique a saber tudo sobre a seleção belga antes do Europeu.
Por Record 4 de Junho de 2021 às 15:57
Favorita a terminar o Grupo B no primeiro lugar, a Bélgica chega a este Europeu com a vontade de fazer melhor do que na última participação no torneio - eliminação nos quartos-de-final, diante do País de Gales. A seleção orientada por Roberto Martínez entra para esta prova com uma sequência de sete jogos sem perder (6V e 1E), com a última derrota a acontecer em outubro do ano passado, frente à Inglaterra.

Com um esquema tático muito variado (desde o famoso e mais utilizado 3x4x3, com variações pelo 3x4x2x1 e 4x3x3) a formação belga mostra-se capaz de ser um verdadeiro adversário difícil de prever e analisar, tendo sempre em conta a qualidade dos seus intervenientes. Kevin de Bruyne, Eden Hazard ou Romelu Lukaku são alguns dos muitos exemplos de 'craques' que vamos poder ver em ação neste Europeu com a camisola da Bélgica.


Qualidade de passe e finalização, aliada a uma excelente visão periférica do terreno de jogo, fazem de Kevin de Bruyne um dos melhores médios da atualidade. Chega ao Europeu em grande forma, depois de tudo o que fez este ano em Inglaterra.


No cargo de selecionador desde 2016 - altura em que a Bélgica apresentava a sua 'geração de ouro' -, Roberto Martínez não brilhou na estreia e ficou-se pelos quartos-de-final do Europeu desse ano, que foi conquistado por Portugal. Depois disso, o terceiro lugar no Mundial'2018 encheu de esperanças os adeptos belgas, que agora sonham em levantar um troféu.


A Bélgica apresenta-se neste Europeu sem grandes novidades na convocatória apresentada por Roberto Martínez, que arriscou na chamada de Axel Witsel. O médio-centro do Borussia Dortmund atravessou uma temporada com uma lesão complicada no tendão de Aquiles, mas continua a ser aposta do selecionador espanhol.

Jan Vertonghen, defesa-central do Benfica, consta também na lista de convocados de Roberto Martínez, que não abre mão de um Eden Hazard muito aquém das expectativas esta temporada. Verdade é uma, as chamadas à seleção acabam sempre por dar uma vida nova ao extremo.



Roberto Martínez tem um esquema tático preferido: o 3x4x3. Contudo, em jogos contra adversários de maior dificuldade tende a utilizar mais dois modelos, o 3x4x2x1 e o 4x3x3, dependendo sempre do facto de querer optar por um estilo de jogo com maior posse de bola ou com saídas rápidas para o ataque. Alderweireld e o benfiquista Vertonghen são os principais pilares da defesa belga, com o meio-campo a ser entregue à batuta de De Bruyne. Na frente de ataque, ao virtuosismo de Hazard e à capacidade de explosão e finalização de Lukaku.

Até ao momento, a Bélgica conta com cinco participações em europeus. Em 1980, foi o grande ano para a seleção belga que apenas caiu na final da prova, frente à Alemanha, por 1-2. Porém, era em 2016 - ano de muitas boas memórias para os portugueses - que os belgas depositavam grande esperança na sua seleção, repleta de 'craques', mas não foram além dos quartos-de-final, onde caíram diante do País de Gales. 


Integrada no Grupo B, a seleção belga entrará em campo no segundo dia de prova, 12 de junho, frente à outra candidata a qualificar-se para a próxima fase do Europeu, a Rússia. A jornada da Bélgica segue cinco dias depois (17), frente à Dinamarca, e termina no dia 21, com a Finlândia.



Jan Vertonghen é o homem com mais jogos realizados com a camisola da seleção belga. Aos 34 anos, o defesa-central do Benfica soma, até ao momento, 126 internacionalizações - mais 16 que Axel Witsel (110) e 19 que Toby Alderweireld (107). Eden Hazard, com 106 chamadas à Seleção A, é o outro jogador que ultrapassa a centena de internacionalizações pela Bélgica.  

1. Jan Vertonghen, 126 jogos
2. Axel Witsel, 110
3. Toby Alderweireld, 107
4. Eden Hazard, 106
5. Dries Mertens e Jan Ceulemans, 96
7. Timmy Simons, 94
8. Romelu Lukaku, 91
9. Vincent Kompany, 89
10. Marouane Fellaini, 87

Por alguma razão, Romelu Lukaku é o homem-golo desta equipa. O avançado de 28 anos é o melhor marcador de sempre da seleção belga, com 59 golos apontados em 91 jogos realizados, com uma média de 0.65 golos a cada jogo - apenas ultrapassada por Robert De Veen, que apontou 26 golos em 23 jogos (1.13 golos por jogo). Eden Hazard é o segundo melhor marcador desta equipa, com 32 golos em 106 partidas.

1. Romelu Lukaku, 59
2. Eden Hazard, 32
3. Bernard Voorhoof e Paul Van Himst, 30
5. Marc Wilmots, 29
6. Jef Mermans, 28
7. Robert De Veen, 26
8. Wesley Sonck, 24
9. Raymond Braine e Marc Degryse, 23
Nota: todos os dados presentes nesta página estão atualizados até dia 25 de maio de 2021.
Bélgica Euro'2020 desporto futebol