Barra Cofina

Correio da Manhã

Euro 2020

Eslováquia

Fique a saber tudo sobre a formação que integra o Grupo E.
Record 4 de Junho de 2021 às 15:57
Fique a saber tudo sobre a formação que integra o Grupo E.
Por Record 4 de Junho de 2021 às 15:57
A Eslováquia tornou-se um país independente em 1993 e conta com apenas duas presenças em fases finais: um Mundial (2010) e um Europeu (2016). Em ambas chegou aos ‘oitavos’ e esse será o objetivo para este Euro’2020. Mas, inserida num grupo com Espanha, Suécia e Polónia, a tarefa dos eslovacos não se adivinha nada fácil.

A qualificação para o Europeu foi tudo menos pacífica. Houve troca de selecionador a meio dos playoffs - saiu Pavel Hapal; entrou Stefan Tarkovic - mas a Eslováquia lá conseguiu eliminar a Irlanda do Norte e garantir vaga entre as 24 seleções finalistas. No último jogo oficial, na qualificação para o Mundial’2022, os eslovacos conseguiram uma vitória sobre a Rússia que moralizou as ‘tropas’ e aumentou a crença dos adeptos numa boa campanha no Euro’2020.


É o mais internacional de sempre e também o melhor marcador da Eslováquia (como pode constatar mais abaixo neste especial). Aos 33 anos, Hamsik já não tem o ‘pulmão’ de outros tempos mas mantém intactos atributos como qualidade de passe, remate fácil e capacidade de organizar jogo e aparecer em zonas de finalização. Quem sabe, nunca esquece.







Caiu de ‘pára-quedas’ no comando da seleção a três semanas da final do playoff com a Irlanda do Norte. A ideia passava por ser interino mas, mesmo sem tempo para preparar e trabalhar a equipa, conduziu a Eslováquia à segunda participação – e consecutiva – num Europeu, acabando recompensado como o cargo de selecionador de forma definitiva.







Lista final será apenas divulgada a 1 de junho.





A Eslováquia é uma das seleções presentes neste Euro’2020 onde o coletivo se sobrepõe ao individual. Hamsik, no meio-campo, vai comandar a equipa que deverá apresentar-se num esquema de 4x1x4x1 que procura, acima de tudo, manter o equilíbrio defensivo





Esta será apenas a segunda participação da Eslováquia em fases finais de Campeonatos da Europa. A primeira sucedeu em 2016 e a seleção até conseguiu surpreender em solo francês, tendo passado a fase de grupos, mas não foi além dos oitavos-de-final.


A Eslováquia disputa os dois primeiros encontros da fade de grupos em São Petersburgo, com estreia marcada para 14 de junho frente à Polónia, seguindo-se o duelo com a Suécia (17 de junho). O terceiro e último jogo será em Sevilha, diante da Espanha, no dia 23 de junho.


Marek Hamsik estreou-se pela seleção em fevereiro de 2007 e é o único jogador da ainda curta história da Eslováquia a registar mais de uma centena de internacionalizações. São 124 jogos, tendo como pontos altos as presenças no Mundial’2010 e no Euro’2016.

1. Marek Hamsik - 124 jogos
2. Martin Skrtel e Peter Pekarik - 99
4. Miroslav Karhan- 89
5. Jan Durica - 87
6. Juraj Kucka- 82
7. Robert Vittek - 70
8. Vladimir Weiss - 67
9. Robert Mak - 65
10. Stanislav Sestak - 63

Mesmo não sendo avançado, Hamsik sempre demonstrou faro de golo nos clubes por onde tem passado e também na seleção. Por isso é o maior artilheiro da Eslováquia, com 26 golos.

1. Marek Hamsik - 26
2. Szilard Nemeth - 20
3. Robert Vittek - 18
4. Robert Mak - 14
5. Adam Nemec e Stanislav Sestak - 13
7. Miroslav Karhan - 12
8. Marek Mintal - 11
9. Juraj Kucka - 10
10. Martin Jakubko - 9
Nota: todos os dados presentes nesta página estão atualizados até dia 25 de maio de 2021.
Eslováquia Euro 2020