Barra Cofina

Correio da Manhã

Euro 2020

Ucrânia

Fique a saber tudo sobre a formação de Leste, que integra o Grupo C.
Record 4 de Junho de 2021 às 15:58
Fique a saber tudo sobre a formação de Leste, que integra o Grupo C.
Por Record 4 de Junho de 2021 às 15:58
É a primeira vez que a Ucrânia se qualifica diretamente para um Europeu - as duas últimas presenças na fase de grupos foram alcançadas via organização do torneio (foi co-anfitrião em 2012) e playoff, em 2016. As expectativas estão em altas depois da excelente campanha na fase de qualificação - terminou na liderança do Grupo B, onde também estava Portugal, com 20 pontos (6V e 2E). Contudo, a fase de apuramento para o Mundial'2022 não está a correr da melhor forma. Até ao momento somam três empates frente ao Cazaquistão, Finlândia e França.


Eleito Futebolista do Ano na Ucrânia em quatro ocasiões (2013, 2014, 2015 e 2017), Andriy Yarmolenko vive no West Ham um dos períodos menos fulgorosos da carreira. Esta temporada, chegou a cumprir jogos pelas equipas sub-21 e sub-23 da formação inglesa, mesmo com... 31 anos. Pela equipa principal, disputou 21 partidas e marcou por três vezes.







Um dos melhores jogadores ucranianos de sempre, com um enorme legado quer a nível de clubes como na seleção. Andriy Shevchenko pendurou as botas com o registo de melhor marcador da história do seu país e desde 2016 que tem sido o timoneiro de uma Ucrânia que tornou-se cada vez mais respeitada dentro de campo.







Ainda não foram divulgados.

É uma seleção composta por experiência, irreverência e muita qualidade – principalmente no ataque. Pyatov deverá ser o senhor e dono da baliza, com uma linha de quatro defesas à sua frente (Karavaev, Matviyenko, Kryvtsov e Mykolenko). O meio-campo será robusto, mas terá a criatividade de Zinchenko, que estará sempre disponível para tentar furar a ‘muralha adversária. Já quanto aos três homens da frente, não há muito mais a dizer. Yarmolenko e Yaremchuk são os verdadeiros homens-golo, com Marlos a fazer valer da sua qualidade técnica para servir os seus companheiros de serviço.





Esta será a terceira participação (consecutiva) dos ucranianos numa fase final de um Europeu, depois de nas duas anteriores não terem passado da fase de grupos. A melhor performance foi em 2012, no Europeu 'caseiro', onde conseguiram uma vitória e duas derrotas, ao contrário de 2016, onde acabaram 'varridos' - três derrotas, cinco golos sofridos e nenhum marcado.


A Ucrânia arranca esta fase de grupos no dia 13 de junho, frente à 'poderosa' Holanda, naquele que será um jogo de medir forças neste Grupo C. De seguida, os homens comandados por Shevchenko defrontam a Macedónia do Norte, no dia 17, e fecha as contas na fase de grupos diante da Áustria, no dia 21.


São três os jogadores que constam entre o top-10 de jogadores com mais internacionalizações pela Ucrânia que ainda estão no ativo: Andriy Pyatov (96), Andriy Yarmolenko (92) e Yevhen Konoplyanka (86).

1. Anatoliy Tymoshchuk (144)
2. Andriy Shevchenko (111)
3. Ruslan Rotan (100)
4. Oleh Husyev (98)
5. Andriy Pyatov (96)
6. Andriy Yarmolenko e Oleksandr Shovkovskyi (92)
8. Yevhen Konoplyanka (86)
9. Serhiy Rebrov (75)
10. Andriy Voronin (74)

Yarmolenko procura bater o recorde de golos do seu atual selecionador, Andriy Shevchenko, mas isso não será pêra doce... pelo menos neste Europeu. É que o avançado do West Ham ainda precisa de 10 golos para chegar aos 48 do ex-internacional e fazê-lo em pelo menos três jogos parece um pouco... impossível.

1. Andriy Shevchenko (48)
2. Andriy Yarmolenko (38)
3. Yevhen Konoplyanka (21)
4. Serhiy Rebrov (15)
5. Oleh Husyev (13)
6. Serhiy Nazarenko (12)
7. Yevhen Seleznyov (11)
8. Andriy Vorobey e Andriy Husin (9)
10. Tymerlan Huseynov, Artem Kravets, Artem Milevskyi, Andriy Voronin e Ruslan Rotan (8).
Ucrânia Euro 2020