Barra Cofina

Correio da Manhã

Euro 2020

Cristiano Ronaldo desfaz-se de casa de luxo na Trump Tower em Nova Iorque

Craque quer cortar com todas as ligações aos EUA, após as acusações de violação de Kathryn Mayorga. Apartamento está a preço de saldo.
Rute Lourenço 17 de Junho de 2021 às 08:46
Cristiano Ronaldo comprou um apartamento na Trump Tower
CR7 e Kathryn Mayorga em 2009
Cristiano Ronaldo comprou um apartamento na Trump Tower
CR7 e Kathryn Mayorga em 2009
Cristiano Ronaldo comprou um apartamento na Trump Tower
CR7 e Kathryn Mayorga em 2009
Em 2015, Cristiano Ronaldo desembolsava perto de 15 milhões de euros para comprar um luxuoso apartamento na Trump Tower, na 5ª Avenida, no coração de Nova Iorque. E revelava o desejo de viver uma reforma dourada nos Estados Unidos, o país onde nasceram os três filhos mais velhos e um dos locais de eleição para as suas férias . Seis anos volvidos, e depois de enfrentar as acusações de violação por parte da americana Kathryn Mayorga, tudo mudou e CR7 quer cortar em definitivo a sua ligação aos Estados Unidos. Agora, decidiu colocar à venda a casa milionária que comprou e quer desfazer-se do imóvel, mesmo que para isso tenha de perder dinheiro. De acordo com o ‘New York Post’, o craque português está agora a vender o apartamento por seis milhões de euros, ou seja, menos de metade do preço que pagou em 2015.

Recorde-se que Kathryn Mayorga acusou o português de a ter forçado a ter relações sexuais, em 2009, depois de se terem conhecido numa discoteca. Na altura, os dois firmaram um acordo extrajudicial em que CR7 comprava o silêncio de Mayorga a troco de 338 mil euros. No entanto, 12 anos depois, a americana entrou com um processo na Justiça. Na parte criminal, o craque foi ilibado mas o caso cível continua a decorrer nos EUA.

Reabre hotel e museu no Funchal
Durante o último ano, e face à pandemia, Cristiano Ronaldo viu-se obrigado a fechar temporariamente o hotel que tem em seu nome no Funchal e também o museu que tem na cidade com os seus troféus. No entanto, esta quarta-feira, os dois espaços já se encontravam a funcionar.
Ver comentários