Barra Cofina

Correio da Manhã

Euro 2020

Eriksen "esteve morto" após colapso em campo

Médico da seleção da Dinamarca diz que o jogador “está de bom humor” após paragem cardíaca, e revela: “Ele esteve quase a ir-se”.
Rafael Godinho 14 de Junho de 2021 às 09:03
Eriksen ficou inconsciente e os clínicos aperceberam-se de que necessitava de manobras de
Eriksen ficou inconsciente e os clínicos aperceberam-se de que necessitava de manobras de FOTO: Reuters
Morten Boesen, médico da seleção da Dinamarca, esteve numa conferência de imprensa a explicar os minutos dramáticos que se seguiram ao colapso de Eriksen em campo. O médio do Inter sofreu uma paragem cardíaca diante da Finlândia e esteve às portas das morte.

"Percebemos logo que estava inconsciente, e quando chegámos perto dele estava virado de lado, a respirar e conseguia sentir a pulsação dele. Mas todo esse quadro mudou rapidamente e tivemos de começar de imediato as manobras de reanimação", explica o médico que salvou a vida do jogador dinamarquês, de 29 anos. "O Christian esteve morto em algum momento. Esteve quase a ir-se. Não sabemos por que aconteceu. Foi muito rápido. Houve uma paragem cardíaca e foi reanimado com a descarga de um desfibrilhador."

O médio continua hospitalizado. "Está de bom humor. Está desperto e responde de forma clara. O coração bate de novo."

Kjaer foi o herói de serviço
Kjaer está a ser muito elogiado pelas suas ações no momento do colapso de Eriksen. O capitão da Dinamarca impediu que a língua do colega dobrasse e colocou o corpo do numa posição lateral, como é normal no protocolo dos primeiros socorros. Depois, formou a roda com os restantes jogadores, para que as câmaras não filmassem o momento arrepiante. E como se não chegasse, ainda foi a outro lado do campo confortar a mulher de Eriksen.

Mensagem aos colegas
Christian Eriksen falou este domingo por videochamada com os colegas de seleção, a partir do hospital. "Como estão? Creio que estão piores que eu. Eu sinto-me como se precisasse já de sair para ir treinar", brincou o jogador dinamarquês.

Realizador explica-se
Jean Amsellem, realizador do jogo, foi criticado por ter mostrado as imagens da reanimação a Eriksen. "Não foi voyeurismo. A UEFA disse para não fazer planos fechados, mas permitiram recolher imagens que mostrassem a emoção do momento."
Finlândia Christian Eriksen Kjaer Morten Boesen Dinamarca Inter desporto futebol questões sociais morte
Ver comentários