Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
9

Amorim considera "uma vergonha" a realização do jogo entre Benfica e Belenenses SAD

"Aqui e agora é muito fácil falar e dizer o que fazia", disse ainda o treinador do Sporting.
Lusa 28 de Novembro de 2021 às 21:08
Treinador do Sporting, Rúben Amorim
Treinador do Sporting, Rúben Amorim FOTO: Lusa
O treinador de futebol do Sporting, Rúben Amorim, considerou este domingo "uma vergonha" a realização do jogo entre Benfica e Belenenses SAD, considerando que o resultado (7-0) pode desvirtuar o desfecho a I Liga.

Rúben Amorim, que falava em conferência de imprensa após a vitória frente ao Tondela (2-0) da 12.ª jornada da I Liga, tomou o mesmo rumo que o comunicado oficial dos 'leões' considerando a decisão "estranha" e que "não pode voltar a acontecer".

"Obviamente que um resultado daquela expressão muda tudo. O campeonato está tão competitivo e pode ter influência, nomeadamente no melhor marcador. Todos viram o que se passou. Foi uma vergonha. Foi tudo muito estranho. O 'havia jogo, não havia jogo'", disse.

Questionado sobre o que faria uma situação destas lhe acontecesse, Rúben Amorim não se quis alongar, considerando neste momento não traria nada de novo.

"Aqui e agora é muito fácil falar e dizer o que fazia. A responsabilidade é das pessoas que foram eleitas e têm de resolver esses problemas. Os treinadores são para treinar e as outras pessoas para tomarem as decisões", concluiu.

O Benfica venceu este sábado ao Belenenses SAD, por 7-0. Os 'azuis', com quase todo o plantel infetado com covid-19, entraram em campo com nove elementos, vários dos sub-23. Na segunda parte entraram apenas com sete e poucos segundos depois do reatar do encontro João Monteiro lesionou-se, tendo o árbitro bracarense Manuel Mota dados provimento às leis de jogo e terminado o encontro.

Rúben Amorim Benfica Belenenses SAD I Liga Sporting desporto futebol
Ver comentários