Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
7

Benfica e Sporting à espera de um milagre para estar na final four da Taça da Liga

Águias e leões têm de vencer mas isso pode não ser suficiente.
Filipe António Ferreira 21 de Dezembro de 2019 às 01:30
Bruno Lage
Silas
Bruno Lage
Silas
Bruno Lage
Silas
Uma vitória é obrigatória, mas pode não ser suficiente para Benfica e Sporting estarem na final four da Taça da Liga, no próximo mês, em Braga.

As águias defrontam este sábado em Setúbal o Vitória (20h00, Sport TV1), mas só um triunfo e um percalço do V. Guimarães, que joga à mesma hora, em casa, com Sp. Covilhã, pode dar esperanças de vencer o Grupo B. Se os vimaranenses perderem, basta ao Benfica ganhar, mas se houver um empate com os serranos aí as águias terão de vencer por uma diferença superior a dois golos.

"Sabemos que não dependemos só de nós. Primeiro, temos de fazer o nosso trabalho. Queremos terminar o ano com uma vitória e uma boa exibição, num campo difícil. É esse o nosso objetivo. Depois, olhar para as contas do grupo", disse Bruno Lage à BTV.

As contas leoninas são também complicadas, mas mais simples de fazer: ganhar em Portimão (17h00, Sport TV1) e esperar que o Rio Ave não vença em casa o Gil Vicente.

"Vamos jogar contra o líder do grupo, o Portimonense, e o empate até pode ser suficiente. O único resultado que nos interessa é ganhar e vamos na máxima força", salientou o técnico Jorge Silas, em declarações à Sporting TV. Sobre o adversário, só elogios, apesar do atual momento menos positivo: "É uma equipa que gosta de sair de trás com a bola controlada, tecnicamente forte, tem bons jogadores, e coletivamente também forte. Os resultados na Liga não têm sido bons, mas as exibições têm. Agora, nós também vamos criar problemas ao adversário."

Arbitragem criticada
"Como é possível nomear Fábio Veríssimo para jogos do FC Porto? Esta sexta-feira, as escandalosas decisões vistas por todos menos por árbitro e VAR falsearam mais um resultado", escreveram as águias na newsletter do clube na internet.

O Benfica referia-se aos lances do FC Porto-Santa Clara, que envolveram Zé Luís (encarnados pediram cartão vermelho em vez do amarelo) e no lance que resultou no único golo do encontro por Nakajima (reclamam falta de Corona antes do mexicano cruzar para o japonês).

A resposta do FC Porto não se fez esperar: "Outra vez? Então não tinham já falado pela boca do Alma Penada? Estão a ficar repetitivos. Os lances do jogo de sexta-feira teve todas as repetições, nada foi escondido. Porque na Luz se escondem os lances? Quem não deve não teme [sic?]", escreveu Francisco J. Marques, diretor de Comunicação dos dragões nas redes sociais.

Lage muda equipa no Bonfim
Bruno Lage admitiu no final do jogo com o Sp. Braga para a Taça de Portugal que vai mudar a habitual equipa, até porque a possibilidade de seguir em frente na Taça da Liga é diminuta. Apesar de garantir que o Benfica se apresentará com um onze "que vai respeitar" a prova serão muitas as alterações. Jardel, Conti, Nuno Tavares, Florentino, Samaris, Gedson, Zivkovic, Caio Lucas, Jota e De Tomas deverão ter nova oportunidade na formação titular das águias na deslocação ao Bonfim.

Renan lesionado
O guarda-redes Renan queixou-se esta sexta-feira de dores musculares no treino, pelo que não será aposta no jogo de amanhã diante do Portimonense. A ausência do brasileiro é a principal novidade nos convocados.

PORMENORES
"Ano fantástico"
"Tem sido um ano fantástico, inesperado até. No início de janeiro, no dia 4, não estava à espera de integrar a equipa A. É uma intensidade muito alta. Mas foi um bom ano para nós", disse Bruno Lage em declarações à televisão do clube da Luz.

Fernando já marca
O extremo Fernando, da equipa principal, estreou-se a marcar, mas pelos sub-23 do Sporting, que esta sexta-feira perderam com o Portimonense, 1-2. Os leões lideram em igualdade com o Benfica.
Ver comentários