Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
8

Português Bruno Lage demitido do comando técnico do Wolverhampton

Treinador do clube foi contratado em junho de 2021.
Record e Correio da Manhã 2 de Outubro de 2022 às 15:27
Bruno Lage, Wolverhampton, Premier League
Bruno Lage, Wolverhampton, Premier League FOTO: Reuters
O português Bruno Lage foi hoje demitido do comando técnico do Wolverhampton, devido aos maus resultados, depois de ter chegado do clube em junho de 2021, anunciou o 18.º classificado da Liga inglesa de futebol.

"Os Wolves separaram-se do técnico Bruno Lage, que estava no comando do Molineux desde junho de 2021, levando os Wolves ao 10º lugar na sua primeira temporada na Premier League. Durante essa campanha, Lage foi premiado como treinador do mês da Premier League em janeiro", pode ler-se no comunicado divulgado pelo clube no seu sítio oficial na Internet.

O Wolverhampton adianta ainda que os treinadores Steve Davis e James Collins vão assumir o leme da equipa principal, que na nona jornada do campeonato visita o reduto do Chelsea.

Por sua vez, o presidente do clube, Jeff Shi, teceu vários elogios ao português e lamentou que os resultados ditem a saída.

"É um excelente treinador. É trabalhador, dedicado, um homem caloroso, sábio e honesto. Foi um prazer trabalhar com ele e sua equipa durante este tempo, por isso foi com muita tristeza que tivemos de tomar uma decisão difícil. Sinceramente, não tenho dúvidas sobre as suas capacidades e tenho a certeza de que terá sucesso em outros lugares. No entanto, perante as exibições da equipa nos últimos meses, não tivemos outra escolha a não ser agir", explicou.

Com apenas seis pontos, fruto de uma vitória, três empates e quatro derrotas, em oito rondas da atual edição Premier League, Bruno Lage acabou por não resistir, com a derrota em Londres, na casa do West Ham (2-0), no sábado, a revelar-se a 'gota de água' para os responsáveis do emblema dos arredores de Birmingham.

O antigo treinador do Benfica, de 46 anos, chegou ao Wolverhampton em 08 de junho de 2021, na altura para suceder ao compatriota Nuno Espírito Santo.

Pelos Wolves, no qual atuam os lusos José Sá, Nélson Semedo, Toti Gomes, João Moutinho, Rúben Neves, Matheus Nunes, Pedro Neto, Chiquinho, Gonçalo Guedes e Daniel Podence, Lage obteve um total de 19 triunfos, em 51 encontros oficiais.

Bruno Lage teve no Benfica a sua primeira experiência como treinador principal no primeiro escalão, levando as 'águias' à conquista da I Liga portuguesa em 2018/19 e da Supertaça Cândido de Oliveira em 2019, mas acabou por sair do clube lisboeta na fase final da época 19/20.



Wolverhampton Bruno Lage desporto futebol
Ver comentários