Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
8

Carlos Carvalhal diz que Braga está em "crescendo" e quer continuar a vencer

Sporting de Braga desloca-se aos Açores para defrontar uma equipa que apenas venceu por uma vez no campeonato.
Lusa 25 de Setembro de 2021 às 15:33
Carlos Carvalhal
Carlos Carvalhal FOTO: MovePhoto
O treinador do Sporting de Braga, Carlos Carvalhal, disse este sábado que a equipa está em "crescendo" e quer continuar na senda das vitórias diante do Santa Clara, no domingo, na sétima jornada da I Liga de futebol.

Depois da vitória difícil sobre o Tondela, na última jornada (3-1), alcançada apenas nos últimos 10 minutos da partida, o Sporting de Braga desloca-se aos Açores para defrontar uma equipa que apenas venceu por uma vez no campeonato.

"Quem esteve no estádio percebeu a diferença quando a equipa marcou, mudou muito. Não tenho as estatísticas, mas há duas ou três jornadas éramos a equipa que mais rematava a seguir ao Benfica. Parece que afinámos a pontaria no último jogo e queremos continuar a rematar muito e melhorar os níveis de eficácia. Estamos em crescendo, a evoluir. Temos vários jogadores novos, a obrigação do clube é ganhar desde o início e estamos a fazer o nosso melhor para continuar na senda das vitórias", afirmou, na conferência de imprensa de antevisão da partida.

O treinador não vai poder contar para isso com o avançado Abel Ruiz, que se lesionou diante dos beirões e falha, no mínimo, os próximos três jogos dos bracarenses.

"[A lesão de Abel Ruiz] Não muda nada. Temos plena confiança nos nossos avançados. O Abel teve uma lesão, avançam o Mario [González] e o Vitinha, dois jogadores em quem temos total confiança. O Abel é um excelente jogador, o Mario também e o Vitinha, se calhar, quem sabe não vão ficar a conhecer, porque tem muita capacidade de trabalho e de finalização também", disse.

Carlos Carvalhal destacou ter tido uma semana completa para trabalhar, o que "foi importante" para integrar melhor jogadores que chegaram tardiamente, "como o Chiquinho, o Yan Couto ou o Diogo Leite, mesmo o Iuri Medeiros [que] começou a treinar mais tarde".

O treinador evidenciou ainda o "regresso em pleno do Castro". 

"Tem um significado para a equipa que vai mais além do jogador, traz muita energia para o grupo. Tem uma personalidade pouco comum no futebol, é um jogador muito querido por todos, daí ter saudado o seu regresso. Sei a energia que ele traz", justificou. 

Fábio Martins foi hoje oficializado no Al Wahda, dos Emirados Árabes Unidos, e Carlos Carvalhal fez questão de desejar "as maiores felicidades" ao jogador.

"Quero agradecer a forma como esteve connosco. Fez 80% dos jogos. Fico muito satisfeito por ter treinado o Fábio, mas esta era uma situação que já estava prevista e a vinda do Chiquinho tinha a ver com a saída do jogador. Emerge a capacidade do Chiquinho que tem grande confiança e só precisa de entrosamento", disse.

O técnico dos 'arsenalistas' assumiu também que o sistema tático ainda "está em aberto".

"Estamos a trabalhar sobre os dois sistemas, mas nem gosto muito de falar em sistemas, porque o que manda aqui fundamentalmente é a dinâmica, até porque o nosso sistema é muito híbrido, mas que estava refém da ausência de um jogador como o Sequeira. Estávamos quase que obrigados, também pela falta de ritmo do Moura, a ter que jogar com três centrais, que é coisa que nunca jogámos assim verdadeiramente, mesmo no ano passado", disse.

Por isso, Carlos Carvalhal decidiu-se por um "sistema mais rígido", que não é o que mais gosta, confessou.

"Com o Sequeira e o Moura, permite-nos ter um sistema muito mais flexível e temos em mão ter a possibilidade de jogar com um jogador mais perto do avançado, que no último jogo foi o Chiquinho, que nos dá mais variabilidade à dinâmica e cria mais problemas ao adversário. Estamos preparados para jogar nos dois sistemas e até no mesmo jogo, com os mesmos jogadores, alterar o sistema", explicou.

Raul Silva, com um problema num joelho, é também baixa para os Açores, tal como Abel Ruiz e David Carmo, o lesionado de mais longa duração.

Sporting de Braga, quinto classificado, com 11 pontos, e Santa Clara, com quatro, defrontam-se a partir das 17:00 de domingo, no Estádio São Miguel, em Ponta Delgada, num jogo que será arbitrado por Fábio Veríssimo, da associação de Leiria.

Ver comentários