Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto

Três arguidos acusados de 14 crimes de corrupção ativa a árbitros de andebol no caso Cashball. Sporting e Geraldes ilibados

Segundo despacho da acusação, foram dados como não provados os factos que eram imputados ao ex-diretor-geral leonino.
Nuno de Sousa Moreira 12 de Abril de 2021 às 19:45
André Geraldes foi ilibado das acusações de corrupção
André Geraldes foi ilibado das acusações de corrupção FOTO: CMTV

Foram acusados de 14 crimes de corrupção ativa a árbitros der andebol três arguidos do caso Cashball, consultou o Correio da Manhã no despacho de acusação.

Os arguidos ‘de peso’ neste caso, o Sporting e André Geraldes, ex-diretor-geral do clube e atual presidente da SAD do Estrela da Amadora foram ilibados das acusações de corrupção. O despacho de acusação dá como não provados os factos que lhe eram imputados.

Já Gonçalo Rodrigues, ex funcionário do Sporting, o empresário João Gonçalves e o intermediário Paulo Silva, vão a julgamento, acusados cada um de 14 crimes de corrupção ativa e corrupção ativa na forma tentada.

Sporting André Geraldes desporto futebol
Ver comentários