Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto

Cristiano Ronaldo deixa mãe Dolores em lágrimas com estreia de sonho no Manchester

Português volta a Old Trafford 12 anos depois e bisa no triunfo do Manchester United sobre o Newcastle, por 4-1.
Mário Figueiredo 12 de Setembro de 2021 às 01:30
Cristiano Ronaldo regressa a Old Trafford com a camisola do Manchester United
Dolores Aveiro em lágrimas com exibição de Cristiano Ronaldo no regresso a Manchester
Quem sabe não esquece. Ronaldo bisa no regresso ao Manchester United
Chegar, jogar e marcar: Ronaldo inaugurou o marcador no duelo entre Manchester United e Newcastle
Cristiano Ronaldo regressa a Old Trafford com a camisola do Manchester United
Chegar, jogar e marcar: Ronaldo inaugurou o marcador no duelo entre Manchester United e Newcastle
Cristiano Ronaldo regressa a Old Trafford com a camisola do Manchester United
Chegar, jogar e marcar: Ronaldo inaugurou o marcador no duelo entre Manchester United e Newcastle
Cristiano Ronaldo regressa a Old Trafford com a camisola do Manchester United
Dolores Aveiro em lágrimas com exibição de Cristiano Ronaldo no regresso a Manchester
Quem sabe não esquece. Ronaldo bisa no regresso ao Manchester United
Chegar, jogar e marcar: Ronaldo inaugurou o marcador no duelo entre Manchester United e Newcastle
Cristiano Ronaldo regressa a Old Trafford com a camisola do Manchester United
Chegar, jogar e marcar: Ronaldo inaugurou o marcador no duelo entre Manchester United e Newcastle
Cristiano Ronaldo regressa a Old Trafford com a camisola do Manchester United
Chegar, jogar e marcar: Ronaldo inaugurou o marcador no duelo entre Manchester United e Newcastle
Cristiano Ronaldo regressa a Old Trafford com a camisola do Manchester United
Dolores Aveiro em lágrimas com exibição de Cristiano Ronaldo no regresso a Manchester
Quem sabe não esquece. Ronaldo bisa no regresso ao Manchester United
Chegar, jogar e marcar: Ronaldo inaugurou o marcador no duelo entre Manchester United e Newcastle
Cristiano Ronaldo regressa a Old Trafford com a camisola do Manchester United
Chegar, jogar e marcar: Ronaldo inaugurou o marcador no duelo entre Manchester United e Newcastle
Cristiano Ronaldo regressa a Old Trafford com a camisola do Manchester United
Chegar, jogar e marcar: Ronaldo inaugurou o marcador no duelo entre Manchester United e Newcastle
Chegar, jogar e marcar... duas vezes. Foi assim o regresso de Cristiano Ronaldo ao Manchester United, contribuindo com os dois primeiros golos na goleada sobre o Newcastle por 4-1.

CR7 foi o centro das atenções do jogo. Até o dono do clube, Avram Glazer, fez questão de assistir ao jogo em Old Trafford, algo que não acontecia há dois anos. E não deu o tempo como perdido. Cristiano Ronaldo precisou de 45 minutos para marcar, numa recarga a uma defesa incompleta do guarda-redes Woodman. A mãe, Dolores Aveiro, não conteve as lágrimas de emoção.

No regresso do intervalo, Manquillo empatou a partida. O madeirense arregaçou as mangas e, apesar de ainda não ter rotinas com os companheiros, bisou e recolocou o United na frente, após um passe de Luke Shaw a rasgar a defesa adversária. Os adeptos vibravam com o regresso vitorioso do filho pródigo, 12 anos depois.

Mas há outro português em Manchester na ribalta. Bruno Fernandes marcou um golão, com uma bomba à entrada da área, e revelou boas combinações com CR7. Saiu pouco depois com a ovação da tarde. Mas a bola ainda rolava e o United selou a vitória nos descontos com um golo de Lingard. Triunfo fácil por 4-1 que fica marcado pelo regresso do ‘superstar’ Ronaldo a Manchester.

No final, CR7, o homem do jogo, deixou uma mensagem de confiança aos adeptos: "O meu regresso a Old Trafford foi apenas um pequeno lembrete do motivo pelo qual este estádio é conhecido como Teatro dos Sonhos. Para mim, sempre foi um lugar mágico onde se pode alcançar tudo o que se tem em mente. Juntos encaramos o caminho que temos pela frente com confiança e otimismo de que todos estaremos a comemorar no final."
Ver comentários