Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
8

Dragão afina artilharia para a Liga após vencer Lyon

Equipa de Sérgio Conceição revelou algumas carências, mas conseguiu um triunfo volumoso e justo.
Mário Figueiredo 1 de Agosto de 2021 às 09:32
Sérgio Olveira, autor do primeiro golo na marcação de um penálti, num duelo nas alturas com Habib Keita
Sérgio Olveira, autor do primeiro golo na marcação de um penálti, num duelo nas alturas com Habib Keita FOTO: Peter Spark
O FC Porto venceu este sábado o Lyon, por 5-3, num jogo emocionante, que marcou a apresentação da equipa portista aos adeptos, ainda que através da televisão.

Sérgio Conceição mexeu no onze, dando a oportunidade a alguns dos suplentes, e os dragões só precisaram de três minutos para se colocarem em vantagem, na sequência de um penálti a castigar uma falta sobre Nanú. Sérgio Oliveira não hesitou e fez o 1-0.

Os franceses, que já tinham perdido com o Sporting no Troféu Cinco Violinos (3-2), reagiram apesar de lentos e previsíveis. Diogo Costa negou um golo a Karl Toko-Ekambi e Dembélé acertou na trave. O Lyon estava por cima, mas foi o FC Porto a ampliar a vantagem, num golão de Fábio Vieira. Só que o Lyon reduziu antes do intervalo por Marcelo.

Na etapa complementar, os dragões revelaram passividade defensiva e sofreram o golo do empate (2-2) por Karl Toko-Ekambi. O técnico portista não gostou e colocou os pesos-pesados, lançando a equipa para a vitória. Pepe, de cabeça, fez o 3-2. O ex-Sporting Slimani ainda repôs a igualdade no minuto seguinte. No entanto, Toni Martínez e Taremi aproveitaram desatenções defensivas e selaram o resultado final.

Um bom ensaio geral do FC Porto para o arranque da Liga, no próximo domingo, com o Belenenses SAD, no Dragão.

Jogadores em destaque
Francisco Conceição
Endiabrado. Desequilibrador e quebra-cabeças para a defesa adversária. Está nas jogadas dos dois primeiros golos.

Fábio Vieira
Um golão, com um remate de primeira, que promete correr a Europa. O guarda-redes Anthony Lopes limitou-se a olhar para a bola.

Vitinha
Tem vindo a afirmar-se no plantel de jogo para jogo. É atrevido e consegue imprimir uma boa dinâmica às movimentações da equipa.

Pepe
O veterano defesa-central entrou e marcou quando a equipa demonstrava alguns momentos de hesitação. Um líder é assim.

"Preferia vencer sem sofrer golos"
"Preferia vencer sem sofrer golos, mas acho que pelo que criámos, no processo ofensivo, nos diferentes momentos do jogo, fomos uma equipa forte." Foi desta forma que Sérgio Conceição abordou o triunfo sobre o Lyon e revelou que espera que os jogadores lhe deem "boas dores de cabeça". Os dragões voltam este domingo a jogar mas frente à equipa B.
Ver comentários