Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
6

Guarda-costas contratados pela Roma acusados de agredir jornalistas durante jantar de jogadores

Um vídeo chegou a ser publicado nas redes sociais, onde se vê um homem a pedir ajuda enquanto outro indivíduo o empurra contra uma parede.
Record 19 de Maio de 2022 às 10:43
Roma
Roma
O site Football Italia avança esta quinta-feira que os guarda-costas que acompanhavam os jogadores da Roma num restaurante agrediram dois jornalistas.

A equipa treinada por José Mourinho prepara a final da Liga Conferência, na próxima semana (dia 25, às 20 horas), diante do Feyenoord, e os jogadores decidiram juntar-se num jantar no centro da capital italiana. Só não estiveram os ingleses Tammy Abraham, Chris Smalling e Ainsley Maitland-Niles, bem como o médio francês Jordan Veretout.

A Roma não foi informada do repasto, mas quando soube o clube contratou um serviço de proteção individual junto de uma empresa externa.

No restaurante, os jogadores jantaram num espaço aberto e dois jornalistas subiram ao primeiro andar, para recolher imagens da ocasião, o que surpreendeu os guarda-costas, que lhes pediram para apagar as fotos e entregarem os telemóveis.

Perante a recusa, os guarda-costas terão reagido de forma violenta, manietando os jornalistas, e a situação só acalmou com a chegada da polícia ao local.

Um vídeo chegou a ser publicado nas redes sociais, onde se vê um homem a pedir ajuda enquanto outro indivíduo o empurra contra uma parede.

O 'Football Italia' explica ainda que a Roma pediu desculpa aos jornalistas, bem como aos jornais para os quais trabalham. O clube informou a empresa de segurança que não voltará recorrer aos seus serviços.
Guarda-costas Roma desporto futebol agressões jornalistas
Ver comentários
}