Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
6

Kevin de Bruyne marca golo da vitória do Man. City sobre o Chelsea

João Cancelo assistiu o belga no único golo frente ao Chelsea.
Mário Figueiredo 16 de Janeiro de 2022 às 07:28
Médio português festeja um dos golos
Médio português festeja um dos golos
Médio português festeja um dos golos
Kevin de Bruyne marcou este sábado o golo da vitória do Man. City sobre o Chelsea (1-0), que lança os ‘citizens’ para a revalidação do título inglês, pois têm agora uma vantagem de 13 pontos para os ‘blues’, segundos classificados - o Liverpool (3º) pode ficar a 8 se vencer os dois jogos em falta.

Numa partida cautelosa de ambas as partes, foram poucas as ocasiões de golo. O City, com João Cancelo e Bernardo Silva a titulares, só se colocou em vantagem aos 70 minutos. Cancelo fez a assistência para o golo de De Bruyne. O belga arrancou, fletiu para o meio e rematou em arco, antes da meia-lua, para o golo decisivo.

“Foi uma vitória absolutamente merecida. Não esperávamos ter 10 ou 12 oportunidades frente ao Chelsea. São campeões europeus. Eles esperavam na transição para nos punir e nós marcámos num lance de transição. Soubemos ser pacientes”, disse no final Pep Guardiola, que surpreendeu ao deixar Rúben Dias no banco.

Entretanto, o Wolverhampton, de Bruno Lage, que estreou o jovem português Toti Gomes a titular, venceu o Southampton (3-1). Por sua vez, o embate entre Arsenal e Tottenham, que devia jogar-se este domingo, foi adiado devido à ausência de jogadores disponíveis nos ‘gunners’.

Bruno Fernandes bisa mas United empata sem Cr7
O Manchester United, sem o lesionado Cristiano Ronaldo, não foi além de um empate a duas bolas com o Aston Villa, apesar de ter estado em vantagem por 2-0, com um bis de Bruno Fernandes.

O United continua em queda livre e este sábado voltou a desperdiçar pontos. O internacional português Bruno Fernandes assumiu a batuta e revelou pontaria afinada ao marcar aos 6 e 67 minutos. Diogo Dalot também foi titular nos ‘red devils’. Contudo, a formação de Steven Gerrard reagiu e empatou com golos de Ramsey (77’) e Philippe Coutinho (82’), médio brasileiro que é reforço de inverno cedido pelo Barcelona.
Kevin de Bruyne Man City Chelsea Liverpool BRUNO FERNANDES UNITED desporto UNITED futebol
Ver comentários