Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
3

Luquinhas ‘preso’ pelo Benfica

Opção de recompra obrigava a assinar por quatro épocas ou indemnizar encarnados.
Francisco Laranjeira 10 de Junho de 2020 às 09:27
Luquinhas jogou no Desp. Aves na temporada de 2018/19. Está agora no Legia Varsóvia, na Polónia
Luquinhas jogou no Desp. Aves na temporada de 2018/19. Está agora no Legia Varsóvia, na Polónia FOTO: Luís Vieira
A relação privilegiada entre o Desp. Aves e Benfica, sobre a cedência de jogadores, está envolta em situações pouco comuns no futebol. O caso de Luquinhas, avançado brasileiro de 23 anos, atualmente nos polacos do Légia Varsóvia, é paradigmático. Isto porque o contrato entre as partes ‘amarrava’ o jogador à vontade dos dirigentes.

No contrato de cedência ao Desp. Aves, em 2017, de 50% dos direitos económicos, as partes comprometiam-se a uma possível recompra até maio de 2021, por 100 mil euros. Luquinhas ficava assim obrigado a celebrar um contrato de trabalho com o Benfica, válido por quatro épocas, com remuneração igual à recebida no Desp. Aves: 36 mil euros/ ano.

O desrespeito desta cláusula implicaria uma indemnização de 5 milhões de euros pelo incumpridor, o que colocava o avançado refém da vontade dos encarnados, situação que entra em choque com o regime jurídico do contrato de trabalho do praticante desportivo. A polémica estende-se igualmente à cláusula antirrival, imposta pela SAD das águias, que estabelecia que o Desp. Aves ficaria obrigado a indemnizar o Benfica em 5 milhões de euros caso negociasse Luquinhas com FC Porto ou Sporting.

Dez jogadores saíram da luz
Luquinhas, Carlos Ponck, Hamdou, Derley, Ricardo Mangas, Bruno Lourenço, André Ferreira, Salvador Agra, Cristian Arango e Mato Milos foram os jogadores que abandonaram o Benfica para representar o Desp. Aves desde 2017/18, época em que os avenses chegaram à I Liga.

SAD encarnada nega ilegalidade
O Benfica reagiu em comunicado para negar ilegalidades nos negócios com o Desp. Aves. "São aceites e reconhecidas pelas jurisdições internacionais, além de prática generalizada a nível nacional e internacional", frisaram as águias sobre as cláusulas contratuais.

PORMENORES
Paulo Gonçalves presente
Paulo Gonçalves intermediou a transferência de Luquinhas para o Légia Varsóvia. Mas, na FIFA, o ex-secretário da SAD do Benfica é apontado como representante de Luquinhas.

Eurofoot reclama
A Eurofoot BV apresentou uma fatura no Aves por despesas de representação, apesar de não constar no contrato na FIFA.
Luquinhas Benfica Légia Varsóvia SAD Paulo Gonçalves FIFA Eurofoot Aves desporto futebol
Ver comentários