Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
6

"Não posso dizer que é uma época falhada": Jorge Jesus ainda acredita no 2.º lugar

Técnico defende ainda que há mais títulos em disputa.
João Moniz 11 de Maio de 2021 às 08:42
Jorge Jesus acredita que os jogadores do Benfica estarão motivados para os jogos em falta
Jorge Jesus acredita que os jogadores do Benfica estarão motivados para os jogos em falta FOTO: Lusa
"Se me perguntassem no início da época se o meu projeto para o Benfica era isto, nem nos meus sonhos... Se é uma época falhada? Nunca vai ser positiva, mas ainda há algumas coisas para conquistar. Faltam quatro jogos que podem dar títulos [Taça de Portugal e Supertaça em caso de vitória, e então passariam a ser cinco as partidas em falta]. Há outros rivais que não vão ganhar nada. Não posso dizer que é uma época falhada". Este foi o balanço feito esta segunda-feira por Jorge Jesus, a três jornadas do fim da Liga.

Falando várias horas antes da receção do FC Porto ao Farense, sem saber como esse jogo iria afetar a classificação do campeonato, o treinador do Benfica foi direto sobre o que pode ganhar com a deslocação à Madeira para defrontar esta terça-feira o Nacional: "Nós vamos fazer o nosso jogo, podemos sonhar com o 2º lugar. Se é realista? É um sonho porque, por muito que ganhe, os outros têm de ganhar ao nosso rival. É nessa perspetiva. Se dependesse de nós, podíamos estar muito melhor, já não falava da mesma maneira. Quando se depende de outros o teu sonho só passa pelos outros".

Uma situação incómoda pela qual o grupo de trabalho não é responsável, garante o técnico: "Desportivamente, as culpas, entre aspas, minhas, dos meus jogadores e de toda a estrutura do Benfica, daquilo que possa acontecer no fim da época são muito reduzidas". Jesus até foi mais longe nos elogios aos jogadores: "Uma das coisas que não posso apontar a este grupo é falta de paixão. Se fizessem a classificação na 2ª volta depois do jogo do FC Porto viam quem estava em 1º. Estes jogadores tiveram um comportamento que nunca vou esquecer".

É, por isso, que o técnico acredita que os seus futebolistas estarão "motivados". Um dos objetivos passa por ajudar Seferovic a ser o melhor marcador da Liga - o suíço tem os mesmos 18 golos de Pedro Gonçalves (Sporting). "Ele está numa posição privilegiada, está dependente dele para poder ser o artilheiro. É uma ideia minha e do grupo. Tenho a certeza que o grupo vai ajudá-lo", explicou Jesus, aproveitando para deixar uma crítica, entre risos: "Grandes penalidades não vai ter porque o Benfica nunca tem grandes penalidades".

Críticas à Associação de Árbitros e "o VAR precisa de ser mudado"
Jorge Jesus recusa ser castigado, após queixa da Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol, que, diz, deve "preocupar-se com os problemas da arbitragem portuguesa". Numa perspetiva global, o técnico também defendeu que "o VAR precisa de ser mudado". "Só pode existir VAR nas últimas três decisões do jogo. Se não soubermos trabalhar com o VAR ele não ajuda o futebol".
Ver comentários