Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
7

"Não voltei para ser 'cheerleader'": revelado o discurso de Ronaldo no regresso a Old Trafford

Jornal The Sun torna públicas as palavras de CR7 aos seus novos companheiros de equipa.
Record 14 de Setembro de 2021 às 11:07
Cristiano Ronaldo
Cristiano Ronaldo FOTO: Reuters

Cristiano Ronaldo é, por estes dias, o centro das atenções em Manchester. O craque português regressou ao clube que o lançou para o topo do futebol mundial com dois golos na sua reestreia, na goleada (4-1) imposta pelo Manchester United ao Newcastle, em jogo do campeonato inglês.

Mas antes de voltar a pisar o relvado de Old Trafford com a camisola dos red devils vestida, o internacional português deu umas palavras aos seus novos companheiros de equipa, entre os quais se encontrava o compatriota Bruno Fernandes, colega de CR7 na Seleção Nacional.

De acordo com o jornal 'The Sun', Cristiano Ronaldo apelou ao espírito de sacrifício de todos os jogadores, revelando as duas principais razões que fizeram-no optar pelo regresso ao Manchester United e, consequentemente, ao Teatro dos Sonhos.

"Eu regressei ao Manchester United por duas razões. A primeira é porque eu amo este clube. A segunda é porque eu adoro a mentalidade vencedora que este clube transpira. Eu não voltei para ser 'cheerleader'. Se vocês querem ter sucesso, então eu preciso que amem este clube do fundo do coração. Vocês precisam de comer, dormir e lutar por este clube. Quer joguem ou não, precisam de apoiar os vossos companheiros de equipa e dar sempre 100 por cento pelo clube. Estou aqui para vencer e nada mais. Vencer traz-nos felicidade. Eu quero ser feliz, e vocês?", terá dito o português.

Segundo a mesma fonte, as palavras de Cristiano Ronaldo tiveram logo efeito no grupo, que aplaudiu o discurso do craque recém-chegado a Manchester.

Cristiano Ronaldo Old Trafford Manchester United Manchester Newcastle desporto futebol
Ver comentários