Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
3

Participação do FC Porto na Champions valeu 73 milhões de euros aos cofres do clube

Única equipa portuguesa na prova esta época foi eliminada pelos londrinos do Chelsea.
Lusa 13 de Abril de 2021 às 23:59
FC Porto
FC Porto FOTO: Cofina Media
O FC Porto embolsou mais de 73 milhões de euros na Liga dos Campeões de futebol 2020/21, apesar de ter caído esta terça-feira nos 'quartos', com um 1-0 ao Chelsea que não anulou o 0-2 da primeira mão.

A 'bicicleta' de Taremi, aos 90+4 minutos, só serviu de 'consolação', pois nem euros valeu aos portistas, já que, nesta fase, apenas a equipa apurada ganhava. O 'pobrezinho' Chelsea lá levou mais 12 milhões de euros, por ser semi-finalista.

No total, em prémios diretos, o FC Porto totalizou 73,542 milhões de euros, os últimos 10,5 por ter superado nos oitavos de final a poderosa Juventus, de Cristiano Ronaldo.

Ao valor já arrecadado acresce ainda o do 'market pool', relacionado com os direitos televisivos. A UEFA distribuirá um total de 292 milhões de euros pelos 32 clubes, em função do valor proporcional dos países, sendo que, com a 'ajuda' do Benfica, o FC Porto recebe em 2020/21 os 100% de Portugal.

Antes de iniciar a participação, o conjunto portista já tinha quase 42 milhões no 'bolso', mais precisamente 41,842, 15,25 como valor fixo pela presença na fase de grupos e 26,592 pelo nono lugar, entre os presentes, no ranking da UEFA a 10 anos.

Entre as 32 equipas que chegaram à fase de grupos, os 'dragões' apenas perdiam para Real Madrid (valor máximo, de 35,465 milhões de euros), Bayern Munique, FC Barcelona, Atlético Madrid, Chelsea, Juventus, Manchester United e Paris Saint-Germain.

Lá no 'fundo', os húngaros do Ferencvaros ainda arrecadaram uma parcela (1,108 milhões de euros).

O FC Porto partiu acima dos 41 milhões de euros e contabilizou mais de 21 na fase de grupos, pelos resultados conseguidos e pelo apuramento para os oitavos de final.

As quatro vitórias, duas face ao Olympiacos e outras tantas frente ao Marselha, valeram 10,8 milhões de euros (quatro vezes 2,7), o empate, na receção ao Manchester City, mais 0,9, enquanto a qualificação deu aos 'dragões' 9,5.

FC Porto na Champions UEFA Liga dos Campeões Chelsea desporto futebol economia negócios e finanças
Ver comentários