Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
5

Pinto da Costa diz que FC Porto teve “capacidade para resistir ao assédio” a jogadores neste mercado

Líder portista faz balanço positivo do mercado e diz que a equipa está muito mais forte.
Mário Figueiredo 3 de Setembro de 2021 às 08:45
Luis Díaz é um dos jogadores citados como tendo motivado cobiça dos “clubes mais poderosos financeiramente”
Luis Díaz é um dos jogadores citados como tendo motivado cobiça dos “clubes mais poderosos financeiramente” FOTO: Peter Spark
Pinto da Costa faz um balanço muito positivo do mercado no FC Porto, destacando a “capacidade de resistir ao assédio a alguns dos atletas mais requisitados pelos clubes mais poderosos financeiramente”, realçando a continuidade de Otávio e Luis Díaz.

O presidente do FC Porto utilizou o seu artigo de opinião na revista ‘Dragões’ para explicar a política utilizada neste defeso. “O FC Porto contratou cinco jogadores - Fábio Cardoso, Wendell, Pepê, Grujic e Bruno Costa - e reforçou a profundidade do plantel em posições que o treinador considerava importante melhorar. Simultaneamente, teve capacidade para resistir ao assédio a alguns dos atletas mais requisitados pelos clubes mais poderosos financeiramente, como são os casos de Otávio e Luis Díaz, evitando assim diminuir a competitividade do plantel”, pode ler-se.

O líder portista faz ainda questão de destacar algumas das saídas, considerando que o FC Porto “emprestou jovens em que deposita grandes expectativas, concedendo-lhes a oportunidade de jogarem mais e crescerem”. “Acredito que no arranque de 2021/22 estamos mais fortes do que no encerramento de 2020/21”, concluiu.

Entretanto, Nuno Lobo, candidato derrotado nas últimas eleições, exige a conquista do título.“Se o FC Porto não conseguir ser campeão será uma hecatombe. Não quero um trajeto fantástico na Liga dos Campeões e depois nas provas internas estarmos quase como o Benfica nas provas internacionais: estão quase lá, mas nunca ganham nada. O FC Porto tem de ser campeão”, disse à Rádio Renascença.

Pormenores
Grujic limitado
O médio sérvio Marko Grujic está praticamente recuperado da lesão da coxa esquerda, mas continua a treinar limitado. Deve estar apto para o clássico de Alvalade no próximo dia 11.

Marchesín
“Trabalha duro, em silêncio, com humildade. A única coisa que depende de ti é a tua atitude”, escreveu Marchesín, que recupera da cirurgia ao joelho direito, nas redes sociais.

Falcão e o Dragão
Radamel Falcão não esquece a sua passagem pelo FC Porto.”Os momentos de maior alegria na minha carreira foram no FC Porto e Atl. Madrid”, disse o avançado colombiano à ‘Revista Líbero’.
Ver comentários