Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
9

"Portugal é melhor do que a Sérvia", garante a capitã da seleção Ana Borges

Seleção portuguesa de futebol feminino defronta a Sérvia na quinta-feira, pelas 18h00, para a qualificação para o Mundial de 2023.
Lusa 19 de Outubro de 2021 às 07:58
Ana Borges, Portugal
Ana Borges, Portugal FOTO: Direitos Reservados/Instagram
A capitã da seleção portuguesa de futebol feminino, Ana Borges, confia que Portugal vai demonstrar na quinta-feira que tem valor para vencer a Sérvia e estar no campeonato do Mundo de 2023.

"A Sérvia é uma equipa muito forte, com grande potencial, e jogadoras a atuar em clubes muito bons. Mesmo assim, só temos de pensar em nós. Se fizermos o nosso trabalho, faremos um bom jogo e um bom resultado", disse Ana Borges em declarações aos jornalistas.

A jogadora do Sporting frisa que "todos os jogos são importantes" e que ganhar à Sérvia pode significar pouco se noutras partidas a equipa perder pontos.

"De nada nos serve ganharmos à Sérvia e depois perdermos pontos com equipas mais acessíveis. Todos os pontos no final vão contar e é isso que nos vai permitir estar no Mundial. Só dependemos de nós e sabemos que somos melhores do que elas", atirou, confiante, a capitã da equipa das 'quinas'.

À beira de somar 160 internacionalizações, Ana Borges, de 31 anos, considera que o importante é continuar a estar presente nas convocatórias, e elogia a renovação que o grupo tem sofrido.

"A jogadora portuguesa tem muita qualidade e termos mais opções é uma vantagem. As jogadoras que chegaram têm trazido mais valor ao grupo e isso é bom para o futuro da seleção", considera a polivalente jogadora 'leonina'.

Para o jogo de quinta-feira, no Estádio do Bonfim, em Setúbal, frente à Sérvia, Ana Borges expressou o desejo de ver as bancadas cheias e admitiu que isso pode ser determinante para o resultado final.

"Os adeptos são sempre importantes e é nos períodos que podemos estar mais sufocadas que eles nos dão uma força maior. É uma mais valia contar com o apoio deles, pois em casa temos de mandar nós", concluiu a futebolista portuguesa.

A formação das 'quinas' segue no segundo lugar do Grupo H, com quatro pontos, em dois jogos, contra seis da líder Alemanha, também em dois encontros. Em apenas um jogo, a Turquia soma um ponto e Sérvia, Israel e Bulgária estão a zero.

As comandadas de Francisco Neto empataram 1-1 na Turquia (16 de setembro) e golearam por 4-0 em Israel (19), enquanto as sérvias foram goleadas por 5-1 na Alemanha (21).

Portugal defronta a Sérvia na quinta-feira, pelas 18h00, no Estádio do Bonfim, em Setúbal, em jogo do Grupo H de qualificação para o campeonato do Mundo de 2023, que se realiza na Austrália e Nova Zelândia (20 de julho a 20 de agosto).

Ver comentários