Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
4

Presidente da UEFA ameaça boicotar realização de Mundial a cada dois anos

"Podemos decidir simplesmente não disputar a prova", disse Aleksander Ceferin.
Lusa 9 de Setembro de 2021 às 17:52
Aleksander Ceferin, presidente da UEFA
Aleksander Ceferin, presidente da UEFA FOTO: Getty Images
O presidente da UEFA, Aleksander Ceferin, afirmou esta quinta-feira que está preparado para avançar com um boicote à realização de um Campeonato do Mundo de futebol a cada dois anos, ideia avançada recentemente pela FIFA.

"Podemos decidir simplesmente não disputar a prova. É uma proposta que pode matar o futebol. Penso que nunca irá acontecer, dado que vai contra os princípios básicos do futebol", afirmou Ceferin, em entrevista ao jornal britânico The Times, acrescentado que a confederação sul-americana (CONMEBOL) está ao lado da UEFA nesta questão.

Para o dirigente máximo do organismo que rege o futebol europeu, o modelo de Campeonato do Mundo deve manter-se inalterado, com a realização da competição de quatro em quatro anos, algo que "aumenta o valor da prova".

"Espero que ganhem noção. Até agora, não houve qualquer abordagem apropriada. Ninguém falou connosco, ninguém se encontrou connosco, ninguém nos ligou, ninguém nos enviou uma carta, nada. Só sei o que leio nos jornais", disse.

O francês Arsène Wenger, antigo treinador e atual diretor de desenvolvimento de futebol da FIFA, defendeu recentemente a ideia de realizar um Mundial a cada dois anos, a partir de 2028.

Aleksander Ceferin UEFA FIFA desporto futebol
Ver comentários