Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
7

Rúben Amorim pede mudança de chip e exige reação no Sporting

Única baixa por lesão nos leões para o jogo de quarta-feira é a do defesa Porro.
Mário Figueiredo 25 de Janeiro de 2022 às 08:38
Rúben Amorim
Rúben Amorim FOTO: José Gageiro/Movephoto
Rúben Amorim pediu aos jogadores para mudarem o chip, após a derrota (1-2) caseira diante do Sp. Braga no campeonato, para a Taça da Liga, onde amanhã luta com o Santa Clara por um lugar na final, que se joga no sábado.

O CM sabe que o treinador do Sporting reconheceu que a sua equipa podia ter feito mais para vencer os bracarenses, mas não apontou o dedo a ninguém. Percebeu que o jogo podia ter pendido também a favor dos leões. Daí que tenha avisado a equipa para fazer um ‘reset’ para começar no zero esta participação na final four da Taça da Liga.

O CM apurou, ainda, que Amorim está ansioso pelo embate frente aos os açorianos. O técnico fez também os jogadores verem que é uma forma de demonstrarem que a primeira derrota (2-3) dos leões na Liga foi um mero acidente de percurso. O treinador esteve fora do banco de suplentes nesse jogo, por estar contaminado com Covid-19. A partida de amanhã serve igualmente para os jogadores leoninos se redimirem desse desaire e avançarem para a final, onde vão defrontar o vencedor do Benfica-Boavista. Certo é que Amorim assumiu desde sempre que a Taça da Liga é um objetivo para os leões, que vão defender a conquista do ano passado - bateram (1-0) o Sp. Braga, na final. O técnico já soma duas Taças da Liga (uma pelo Sporting e outra pelo Sp. Braga, em 2019/20).

A única baixa por lesão nos leões para o jogo de amanhã é a do defesa Porro - está fazer tratamento à lesão muscular na coxa direita. O capitão Coates também está fora devido aos compromissos da seleção uruguaia. Já o extremo Nuno Santos volta às opções após o castigo de um jogo, devido aos incidentes (foi punido por ter feito um gesto obsceno para as bancadas) no encontro com o Vizela (2-1) para a Liga.

Sporting lamenta mas não pede desculpa
O Sporting não fez nenhum pedido formal de desculpas a Ricardo Horta, mas lamentou o arremesso da garrafa que feriu o jogador.

penálti do Sp. Braga ainda gera revolta em alvalade
O penálti assinalado pelo árbitro Hugo Miguel, por falta de Matheus Reis sobre Galeno, ainda está a gerar grande revolta em Alvalade, por o videoárbitro João Pinheiro ter intervindo no lance, segundo os leões, à revelia dos regulamentos do VAR.

Hugo Miguel deixou prosseguir o lance, mas o VAR interveio e insistiu que o árbitro fosse ver o lance. O juiz lisboeta viu as imagens e acabou por alterar a sua decisão ao apontar para a marca dos 11 metros - Galeno converteu o penálti que o colocou o resultado empatado (1-1). O Sporting não entende a razão da insistência do bracarense João Pinheiro nesse lance. Para o clube de Alvalade, o protocolo do VAR é claro ao dizer que só deve intervir em casos de erro evidente, o que para os leões não foi o caso. O Sporting considera que esse lance deixou os seus jogadores desconcentrados e que acabou por ser determinante na derrota (1-2) leonina.
Ver comentários