Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
8

Rúben Semedo esclarece agressões de que foi alvo: "Olympiacos foi o primeiro a prestar auxílio"

Internacional afirmou foi ameaçado em casa por "um diretor do clube e um segurança" na passada semana.
Record 16 de Janeiro de 2022 às 10:10
Rúben Semedo
Rúben Semedo
Rúben Semedo recorreu às redes sociais para fazer mais um esclarecimento após ter sido atacado por homens encapuzados à porta de casa. À TSF, o central disse "desconfiar" de quem pudesse ter orquestrado o ataque, afirmando mesmo que na semana passada foi ameaçado em casa por "um diretor do clube e um segurança". Agora, o internacional português garantiu que a história foi "distorcida".

"Sinto-me na obrigação de vir aqui esclarecer mais uma vez o que se tem partilhado e que foi dito num momento de choque depois do ataque vergonhoso que sofri. O Olympiacos, o clube que me deu oportunidade de jogar num nível alto e me fez renascer como jogador e homem, foram os primeiros a prestar auxílio e apoio neste momento difícil e sempre estiveram ao meu lado. O que disse foi que um diretor e um segurança da nossa família Olympiacos vieram alertar-me da corrente negativa e violenta que os media criaram à volta da minha imagem e mais uma vez a informação distorcida passou da forma errada. Por isso, quero tranquilizar os meus familiares e a família Oympiacos que me encontro bem e a recuperar com toda a atenção e apoio da família Olympiacos e da minha família sanguínea. Em pouco estarei de volta e amanhã há um derbi para ganhar. Vamos, Olympiacos", referiu Rúben Semedo.

O defesa, refira-se, foi visto hoje com o pulso e a mão ligados depois das agressões de que foi alvo com um bastão.
Rúben Semedo Olympiacos desporto questões sociais futebol agressões violÊncia ataque
Ver comentários